Portugaltunas - Tunas de Portugal

/5 ( votos)

A Aventura Pós-Covidiana

 
Nas últimas semanas efectuei a minha habitual e cíclica ronda de contactos com inúmeros amigos de Tunas espalhados pelos 4 pontos cardeais nacionais e não só, onde, além do essencial e do vulgar de Lineu, inevitavelmente falamos sobre o que por aí virá no pós pandemia - seja agora ou depois de uma nova vaga que não se deseja mas que não se pode ignorar caso as coisas agora corram menos bem.Do que me tenho apercebido, lido e verificado nas vozes de todos os meus interlocutores, o futuro próximo poderá ser bem mais grave, penoso e triste do que se poderia supôr. Espero - e digo-o já a abrir - que esteja profundamente errado e quanto a este apartado.Não tenho escutado muito optimismo, antes pelo contrário. As vozes mais realistas apontam para uma enorme incerteza no que virá já aí, sem grande capacidade para acertar em concreto em coisas tão básicas como, por exemplo, quantos elementos estão hoje, de facto, nas suas tunas. O grau de tibieza que sinto em algumas conversas mostra desde logo uma clara ruptura com algumas coisas que até Março de 2020 tinhamos como certezas dogmáticas. Melhor dito, sinto mais incerteza no futurio próximo do que coisas concretas. E isso, por sí, já é grave quanto baste.As várias análises feitas ainda com o "Tunices" no ar já nos tinham trazido óbvias reservas, fundados receios e priclitantes verdades que a pandemia subsidiou e subsidia. O que não se sabia - nem sabe - é a dimensão real dos estragos causados. Este meu pasacalle electrónico pelo país tuneril que mexe e risca não me deixou animado, de todo. Muito do que se alvitrou durante o ano passado e na PTV confirma-se claramente. O que já foi escrito idem aspas. Mas há, mesmo assim, sinais de novidades que, a confirmarem-se, deixarão muita gente espantada com a dimensão do tsunami que, presumivelmente, se está a formar.Não quero ser nem alarmista nem pessimista. De todo. Mas não consigo deixar de projectar aquilo que me foi transmitido amiúde, por gente do meio e no meio, com real importância quer local quer nacional. Espero e desejo estar enganado. Mas poderemos estar à beira de uma total redefinição do panorama, a começar pelos seus players, passando pelos festivais e terminando na base de recrutamento. Pode muito bem ser mais um recomeço tuneril nacional - depois do boom de há 30 anos.Veremos....

 

Post original em: http://asminhasaventurasnatunolandia.blogspot.com/2021/04/a-aventura-pos-covidiana.html

Parceiros