Portugaltunas - Tunas de Portugal

/5 ( votos)

A Aventura do Podcast

 Alguns dias após o começo do ano consigo voltar à escrita. Vamos então...Quando em finais de 2019 fiz o balanço do ano e perspectivei 2020, estava nos antípodas de imaginar, sequer, o que veio a ser de facto o ano que acabou há dias.E não só pelos motivos sobejamente conhecidos, porque algo inesperado acabou por trazer novos desafios - quando se poderia, indolentemente, nada ter feito, deixando andar os dias ao sabor dos confinamentos, restrições, cancelamentos e afins. Ora, fizemos o total oposto: Reinventamo-nos.A análise substantiva ao "Tunices" - e na sua 1ª temporada - já foi feita, pelo que escuso de a repetir. Não fiz ainda a súmula do total de quase 80 emissões e desde Março de 2020 até ao começo deste ano - onde merecidamente pausamos, por força do normal cansaço que tal ritmo produziu em toda a equipa do PortugalTunas e do podcast mais em particular. Há uma emissão - a de final de ano - que faz tal balanço. Talvez por isso tentarei não me repetir. Enfatizar antes alguns pontos:A 2ª Temporada foi necessariamente distinta da 1ª - mais escolástica, mais "científica" (as aspas são propositadas aqui) , com convidados avulsos para temas específicos, sendo estes escolhidos primeiro e só os convidados em função do tema, depois. Referir que só foram convidadas oficialmente as tunas que comemoraram em 2020 os seus 30 anos, sendo as restantes emissões com a participação de convidados a título particular.Quando regressamos das férias de Verão para a 2ª Temporada a incerteza ainda era maior do que aquela tida em Março - estávamos confinados, ponto. Não sabíamos em meados de Agosto o que seria esse 2º semestre de 2020, o que nos levantou um desafio titânico: Como fazer distinto da 1ª T sem saber o que iria acontecer - e quanto ao fenómeno tuneril - daí em diante. Alguns festivais estavam marcados, então - o FITU "Cidade do Porto" aconteceu, p.ex. - e essa gestão de expectativa teria sempre de acontecer naquele momento. Um dia de cada vez, foi a lógica de então. Manter a coerência de um formato X num tempo sem pandemia já é obra, com uma pandemia é a construção da Sagrada Família de Barcelona: Não tem fim e ninguém sabe quando tal será. A 2ª Temporada assumiu, então, um risco, produzir conteúdos sem certezas de os poder levar a cabo. Estivemos no terreno - o já citado FITU "Cidade do Porto nos jardins do Palácio de Cristal - e nem poderia ser de outra forma. Estávamos preparados para ir a mais, que não ocorreram. Tentamos inovar dentro da própria inovação forçada - falar de tunas depois da 1ª T e sem repetir conteúdos, dando nova roupagem. Passamos a gravar previamente - precisamente para potenciar recursos quer humanos, quer logísticos e que o comum mortal que vê o "Tunices" desconhece. Ainda assim conseguimos produzir duas rúbricas de inegável qualidade - o "5 Minutos Com"- ou 5MC" - e o "Vox Tvnae" onde alguns famosos nos trouxeram outra perspectiva do fenómeno - Daniel Pereira Cristo, os Quatro e Meia ou os Anaquim são disso prova. Fizemos alguns Especiais como o relativo ao Antes Covid e Após Covid ou mais recentemente o de homenagem a Carlos do Carmo. Tudo isto reduzido no tempo e face aos da 1ª T, com duas horas - regra geral. A 2ª T não poderia ser de forma alguma uma repetição da 1º T quer no formato, quer no conteúdo. E foi isso que se quis promover, a diferenciação de oferta de conteúdo. Curiosamente, a mesma questão pondera por estes dias e face ao que poderá vir a ser a 3ª T. Sabíamos do forte sublinhado suscitado pela 1ª T: Quer pela novidade, quer pelo cunho fortemente escolástico - onde se colocou sempre à frente a verdade e o consequente destruir das fake news, mitos falsos e afins sobre tunas estudantis - legado que perdurará, estamos crentes, muito além no tempo e espaço. A herança era pesadíssima. A 2ª T aliviou essa carga de forma hábil, trazendo coisas novas, novas caras ao programa - porque ninguém é eterno - e novas abordagens naquilo que pode ser um podcast sobre tunas estudantis em tempos de pandemia - e até fora dela.Se estamos satisfeitos? Nunca estamos satisfeitos por aqui - mesmo que o cansaço pese. Praticamente todos aqueles que são baluartes do fenómeno, quer mais velhos quer mais novos, passaram pelo nosso estúdio virtual. Todas as temáticas que interessam foram debatidas em programas a elas dedicadas - e algumas delas a merecer uma 2ª volta, certamente num futuro próximo. Tunos de conceituadas e de mais modestas por aqui passaram. De norte a sul, passando pelo centro e ilhas. Até lá fora fomos - Espanha, Colômbia, Chile, Porto Rico. Masculinas, mistas e femininas. Actuais e veteranas. Tentamos abarcar tudo e todos que realmente interessam - poucos terão faltado mas o futuro está para breve - os que realmente defendem o todo do fenómeno, nunca o vilipendiando mas antes com visão corpórea - noção que penso termos catalizado com estas quase 80 emissões. De referir o "Tuna Portugal" e a sua importância - bem como a sua continuidade no "5MC" - como espaços de capital importância para a formação tuneril de facto:Se há algo que nos enche de orgulho é saber que nenhum programa nosso - repete-se, nem um - foi contrariado e no seu conteúdo escolástico por factos inequívocos e provados. O resto será sempre o resto.As críticas que nos foram graciosamente dirigidas foram tidas como relevantes, quer as boas quer as menos boas. Afinal, tudo pro bono, com muito coração, alguma alma e muita dedicação, sem contudo deixar de referir que de todo é uma obrigação. Enquanto acharmos que vale a pena, a postura será esta. Mais forma, menos conteúdo.Estamos numa pausa para aquilo que será o novo PortugalTunas. Mas cada coisa a seu tempo. A T3 do "Tunices" (se mantiver o nome, veremos) será certamente num novo contexto ou, pelo menos, mais próximo desse contexto possível. Que será, forçosamente, o recomeço da actividade de facto das tunas nacionais - afinal, o normal evoluir de um podcast de um órgão de informação e formação tuneril. Há muito mais por fazer do que aquilo que já foi feito.Até lá revejam as emissões. Porque vale a pena. Até à Temporada 3 da PTV e Obrigado a todos aqueles que com a sua fidelidade e/ou mera curiosidade, nos obsequiam com a visualização do podcast. O mais importante será, um dia, lembrarem-se que há algo na rede sobre as tunas estudantis que vai mais além...Em breve voltaremos!

 

Post original em: http://asminhasaventurasnatunolandia.blogspot.com/2021/01/a-aventura-do-podcast.html

Parceiros