Portugaltunas - Tunas de Portugal

Não há futuro: o verdadeiro futuro é hoje.
Editorial 0/5 (0 votos)

Não há futuro: o verdadeiro futuro é hoje.

Desde 2003 Que Sempre Dissemos Ao Que Vínhamos, Não Deixando Dúvida Alguma.

 

 

"​Se queres prever o futuro, estuda o passado​"​ - Confúcio​.​

​Sobre estes vinte anos escrevi, em editorial e em tempo útil - ​https://www.portugaltunas.com/artigos/id=4401/ -  para lá do perspectivar do futuro. Assim, não me alongo, hoje, sobre o passado. Além de sobejamente conhecido, é também objectivamente eximido e decoroso, não deixando margem para dúvidas. Resta agradecer a todas e todos aqueles que colaboraram, sem excepção, com o PortugalTunas, ao longo destes vinte anos: Se aqui chegados, a eles também o devemos.


O presente editorial pretende, antes, debruçar-se sobre o futuro. Porque é isso que realmente interessa.


​"​Não há futuro; o verdadeiro futuro é hoje; que é de nós hoje, é esta a única questão.​" - Miguel Unamuno.


Desde 2003 que sempre dissemos ao que vínhamos, não deixando dúvida alguma. E sempre correspondemos com o anteriormente anunciado, indo até mais além, produzindo coisas que nunca anunciamos. Por tal, não somos da atoarda, do rumor, da falação. Não é o nosso core business. E é essa linha vermelha que nos define, distingue e credibiliza, por oposição à fake news, propaganda, que grassam amiúde também no seio tuneril - reflexo dos tempos em que vivemos.

Neste aspecto, nada muda face ao passado. Formar e Informar, eis a fronteira, a seu tempo devidamente erguida, inegociável, intransponível, seja no presente e no futuro.

Daí a sua importância. O PortugalTunas é, ele mesmo, reflexo da comunidade, num processo contínuo, coeso, racional e ligado, sem quebra de lógica, espelhando o que somos, como somos, porque o somos. Logo, não mais teríamos que nos adaptar - como sempre, basta ver p.ex. o input durante a pandemia com a PortugalTunas TV - ao meio em que nos inserimos. Desobrigados de matérias que não nos cabem, mas sempre comprometidos com a nossa missão histórica - que não negamos, não evitamos nem delegamos.

O futuro está aí, já. Conforme dito a seu tempo. Nova imagem, novos inputs nas redes sociais onde estamos presentes desde sempre, nova versão do Portal a caminho - a 5ª - devidamente consentânea com o presente com vista ao futuro - simples, racional e eficaz - e novo sangue, fundamental item para a devida continuidade da nossa Linha Editorial.

Preparamos o presente, focando no futuro. É apenas mais uma transição, normal, expectável e desejável. Sempre com o nosso ADN presente, sem tibieza.

Resta assinalar, sem folclóricos preceitos mas antes com naturais momentos, de sempre, aliás: Regressa o jantar de Aniversário, este ano em Braga, voltaremos a co-organizar o ENT - como no passado fizemos - e o vulgar de Lineu do PortugalTunas continuará, serena mas firmemente, o seu caminho natural.

Nem poderia ser de outra forma. Tal como firmado há vinte anos, apenas nos adaptando ao presente e, consequentemente, futuro.

Não resta dúvida. Porque, de facto, nunca existiu.


RT
Um pequeno apontamento sobre os Jurados
Editorial 0/5 (0 votos)

Um pequeno apontamento sobre os Jurados...

Há uma série de fatores que devem ser levados em consideração, desengane-se quem achar que é apenas arranjar sala, conseguir que as tunas convidadas aceitem participar et voilà!...

ler mais

{comentarios}
Da Representatividade de uma Tuna
Editorial 0/5 (0 votos)

Da Representatividade de uma Tuna...

Não há qualquer regra universal, abstrata e geral que dite umas serem "mais tunas" que outras e vice versa. Aliás, quem diz tal apenas promove segregação entre tunas - e não união....

ler mais

{comentarios}
Sobre uma pretensa superioridade do tema Original
Editorial 0/5 (0 votos)

Sobre uma pretensa superioridade do tema Origina...

Que a criação deve ser acarinhada e louvada, quando o mereça, é um facto. Mas não há na apresentação de originais outro mérito que não aquele que caiba individualmente ao seu compositor."...

ler mais

{comentarios}
O Aleivoso negacionista pop
Editorial 0/5 (0 votos)

O Aleivoso negacionista pop ...

Desprezar ou não perceber as evidências de forma consciente é um comportamento bastante comum entre os negacionistas....

ler mais

{comentarios}
        19 anos. 6935 dias.
Editorial 0/5 (0 votos)

19 anos. 6935 dias....

Como em tudo na vida, com momentos de vários tipos, uns melhores, outros nem por isso. Faz parte de quem tem lastro, percurso, história e histórias para contar. Não somos, por tal, produto d...

ler mais

{comentarios}

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8

Parceiros