Portugaltunas - Tunas de Portugal

/5 ( votos)

A Aventura do "Tunices" - 2ª Temporada

Após um mês desde a última emissão e depois de rever as mais importantes emissões do "Tunices" volto ao tema fazendo o balanço da 1ª Temporada - e antecipando a segunda, já na forja.Começo precisamente como terminei o último "Tunices":35 directos, 17 diferidos, 19.705 visualizações, 566 "gostos" e 30 "não gostos", 69 convidados e 272 subscritores depois, desde 27 de Março até à data permitem-nos - o plural aqui é óbvio por inabalável - aferir a evidência de sempre.O "Tunices" é neste momento a âncora do PortugalTunas. É em seu torno que roda a gestão actual do PortugalTunas, claramente - sem prejuízo da normalidade reinante na www que, por estes dias, é quase nula, fruto dos tempos que vivemos mais a habitual silly season de verão... - agora ainda mais estranhos e imprevisíveis do que em março, quando começamos a emitir. Mas é o que temos. A aposta foi ganha e reforça a noção da tal alteração de paradigma que se começou a vislumbrar à medida das emissões. Revistas e re-escutadas as mais importantes constata-se a clara pertinência do projecto, que recolocou a temática tuneril nacional nos historicamente comprovados eixos, descartando mitos, arrasando mentiras, valorando a pesquisa de Jure em contraposição ao achismo, marcando a verdade por oposição à lenga-lenga repetida ad nauseam. O "Tunices" foi, de certa forma e nesta 1ª Temporada, um atestado de verticalidade tuneril, citado noutros quadrantes tuneris de prestígio internacional, o que para lá de gratificante, é revelador de seriedade, para lá de altamente responsabilizante. As emissões restarão perenes e serão um dia atestado do que de bom o país tuneril produziu, graças aos seus convidados, praticamente todos eles de alto nível e que, por isso, emprestaram ao podcast o patamar qualitativo almejado desde o 1º momento - distinguindo-o desde logo.Atrevo-me a dizer que se foi mais além, quer no alcance quer na profundidade, do que alguns outros suportes existentes que pensam correctamente a tuna - blogues, portal, livros - o que apenas honra o emissor, obrigando-o a dar a devida consequência. O repositório online das 35 emissões - mais os 17 utilissimos "Tuna Portugal", uma espécie de fastfood tuneril mas com sabor gourmet graças aos entrevistados - são já hoje ponto obrigatório para se saber mais um pouco sobre o tema.Não temos, pois, alternativa. A 2ª temporada está aí, agora com um novo registo, mantendo o nome que já é uma brand autonomizada da casa-mãe mas mudando o figurino. Será mais curto no tempo de emissão, uma vez por semana, focado em 3 blocos distintos entre si, com mais interacção exterior ao estúdio, apontando à actualidade (havendo-a, uma incógnita neste momento). Contará com convidados mas em registo distinto do visto na 1ª Temporada. Ou seja, coisas novas, abordagem distinta, mais acção.O repositório no Youtube continuará, naturalmente, para memória futura e melhor gestão de conteúdos - conscientes que somos que em diferido há bastante demanda de visualizações.Enquanto isso, o mundo avança no doce remanso dos dias agora desconfinados, onde não diminui o trabalho e o entusiasmo em confinamento entregue a favor do todo.No final do mês estaremos On Air outra vez....https://www.youtube.com/user/PortugalTunasTV/

 

Post original em: http://asminhasaventurasnatunolandia.blogspot.com/2020/09/a-aventura-do-tunices-2-temporada.html

Parceiros