Portugaltunas - Tunas de Portugal

/5 ( votos)

A Aventura da Renovação

Afonsina - Tuna de Engenharia da U. MinhoAproveitando as "Curtas & Boas" do PortugalTunas e lendo as mesmas, reparo a dado passo numa perspectiva em concreto: Renovação geracional.Olhemos, pois, com olhos de ver o cenário actual.O paradigma da tuna estudantil composta exclusivamente por estudantes existe, está vivo, cá anda, certo. Contudo, já teve melhores dias, por assim dizer - e escuso de apontar as causas, algures entre Bolonha e outros quejandos por demais analisados. O que equivale a dizer que tal paradigma, retroactivando trinta ou vinte anos, se foi mutando lentamente. Não é de hoje que as tunas estudantis compostas exclusivamente por estudantes iam, à medida do passar do tempo, se reforçando com os seus ex-estudantes. Sempre foi assim, aliás, noção essa que reforça desde logo a tal mutação de paradigma. O que talvez signifique que o paradigma "tuna estudantil é composta exclusivamente por estudantes" nunca foi paradigma de facto mas antes e sim reflexo de uma dada época, conjectura, circunstância: Ao olhar para a história da tuna momentos houve em que as mesmas, estudantis, e por cá, não eram compostas exclusivamente por estudantes, sequer. Logo, não há base que sustente tal paradigma - ou o oposto dele, se repararmos com atenção. O que significa - e olhando em perspectiva - que a tal renovação geracional foi também ela um paradigma que teve a sua conjectura, tempo, lugar, circunstância. Um dos erros que muitos cometem ao analisar estas coisas é ver a Tuna por emulação da sua própria experiência quando nela estiveram, tomando a mesma como O paradigma - o que de todo é verdade: No nosso tempo era X mas isso não significa que antes ou depois tenha sido X.Ao longo dos tempos - e não somente nos actuais - foram-se encontrando formas de dar resposta à renovação dos quadros de uma tuna; ora renovação geracional - entrando estudantes para substituir os que deixaram de o ser - ou mantendo os ex-estudantes no elenco (o que não configura uma renovação mas antes "amortecimento de faltas", digamos assim) ou ainda somando elementos de outras tunas (e por razões várias). Depois, lembrar que as tunas com maior abrangência, as que vão além do universo de uma faculdade, também sempre existiram - não é fenómeno novo, de todo, basta olhar com olhos de ver a timeline tuneril nacional. Ou seja, tudo isto para dizer que as tunas estudantis, na prossecução da sua própria sobrevivência, foram e desde há muito reinventando formas de colmatar as falhas nos seus elencos e que não se resumiu à mera renovação geracional - paradigma que o foi, de facto, nos 10 anos pós "boom", deixando depois - ora de forma mais clara, ora menos - de o ser, reinventando a tuna, então, outras formas de poder seguir em frente. Houve quem a dado passo não o tivesse logrado e, mais tarde, invertesse tal tendência. Houve quem nascesse de forma pujante mesmo em contexto mais alargado e hoje se encontre quase sem gente. Houve quem por força até estatutária tivesse, em tempos idos, imensa gente e, hoje, o preciso oposto. Raros são os casos actuais de crescimento - e olhando aos últimos dez anos até hoje - no número de tunos activos. Começa-se, por tal, a perceber que mais importante que a dita Renovação Geracional será, antes de tudo, a Renovação tout court. Até pode ser com quem já lá esteve, ou ali esteve e agora está acolá, com quem deixou de estar e mais tarde resolveu voltar, seja. Começa-se a perceber que a premissa geracional per si é só uma forma de renovar entre outras. São os tempos que o ditam - e não qualquer paradigma. E se isso significar a sobrevivência da tuna - e tal fica sempre ao critério de cada uma - é sempre positivo registar.Por vezes, o óptimo é inimigo do bom. Se não puder ser como queremos então que seja como é possivel ser. Mais importante do que qualquer paradigma é a dinâmica de sobrevivência da Tuna em sentido lato. E isso até a História o mostra a cada passo.P.S. - Este ano não farei o habitual balanço de fim de ano - dado este ano ter sido mais acompanhado por este blogue. Boas Festas a todos....:)

 

Post original em: http://asminhasaventurasnatunolandia.blogspot.com/2018/12/a-aventura-da-renovacao.html

Parceiros