Portugaltunas - Tunas de Portugal

E assim foi o III Tunan’TE...
Reportagem 0/5 (0 votos)

E assim foi o III Tunan’TE......

Na sua terceira edição, o Festival de Tunas Mistas organizado pela Tuna Económicas...

ler mais

Carlota Cunha Pelota

brutaaaal! :D pelota (escstunis)

XVI CELTA
Reportagem 0/5 (0 votos)

XVI CELTA...

Resultados do XVI CELTA...

ler mais

Rita Cavaleiro Madeira

3.ª Melhor Tuna - TUIST - Tuna Universitária do Instituto Superior "Politécnico" Os meninos do Técnico não hão de gostar do lapso! =)

Daniela Alves

Tuna + Tuna - TUNADÃO 1998 ;)

Bruno Matos

http://videos.sapo.pt/KU1UnHBNWrgzZHqOUBSk

Pedido de Livros para Timor
Notícia 0/5 (0 votos)

Pedido de Livros para Timor...

Apelo de uma professora portuguesa...

ler mais

Menina Kati

Alguém me pode dar o mail da professora Joana que fez o apelo?

VII FESTAFIN – Festival de Tunas Femininas de Idanha
Notícia 0/5 (0 votos)

VII FESTAFIN – Festival de Tunas Femininas de Id...

a reportagem...

ler mais

Gaitas Jr TCS

A Noite de Serenatas já se havia realizado em edições anteriores.

Gaitas Jr TCS

E foi o VII FesTAFIN e não o VIII.

Joni

apenas fiz essa indicação pois foi a informação que a organização me deu.

VII FITAM, o rescaldo...
Notícia 0/5 (0 votos)

VII FITAM, o rescaldo......

O Real Tunel Académico – Tuna Universitária de Viseu, foi a grande vencedora deste fim-de-semana por terras de horizonte e mar!...

ler mais

VI Cidade Berço - Resultados
Notícia 0/5 (0 votos)

VI Cidade Berço - Resultados...

O VI Cidade Berço, organizado pela Afonsina realizou-se nos passados dias 20 e 21 de Novembro...

ler mais

Baz - Afonsina

Uma pequena correcção: O filme tem como título "E Tudo Estalo Levou". O tipo de letra utilizado é que induz em erro :) Já disponível no youtube!

Menina Kati

Obrigada pela correcção! Realmente parecia mesmo um "b" :)

Faleceu Flavio Serzedello
Notícia 0/5 (0 votos)

Faleceu Flavio Serzedello...

Eterno sócio nº 1 do Orfeão Universitário do Porto...

ler mais

O Insular

Recordamos Flávio Serzedello, eterno orfeonista, com um poema da sua autoria, que ainda hoje, meio século depois da sua publicação original, reflecte o espírito do Orfeão Universitário do Porto: Porque Cantamos Cantar a vida inteira e sempre, quem nos dera! Cantar é traduzir em sons uma alegria, Viver um sonho e voar nas asas da Quimera! Cantar é ter no peito o sol da Primavera, Espargindo na alma os raios da Harmonia! Cantamos por prazer, com toda a alma e gosto! Cantando, cada um de nós se transfigura! Inútil é buscar, portanto, em nosso rosto, A sombra carregada e torva dum desgosto, Algum traço de dor, um laivo de amargura! Cantando é-se feliz e a vida é bem melhor! Cantando, a nossa alma esvoaça junto aos Céus Despida de paixões, brilhando com fulgor, Evadida da Terra em busca doutro Amor Que a entenda e acolha o imenso amor de Deus! Cantamos mesmo até quando a nossa alma chora!... Pode exprimir-se amor cantando umas canções. O canto é como a luz radiosa duma aurora Que vai esvoaçando além, p´los ares em fora, Derramando ventura e paz nos corações. Amava-se cantando em bem remotas eras. Cantando era que Orpheu adormecia as feras E arrebatou a Esposa às mãos de Satanás. Espalhando harmonia em todos os matizes Cantamos para vós, sentindo-nos felizes De poder partilhar convosco a nossa Paz! Flávio Serzedello de Oliveira (Orfeonista)

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47

Parceiros