Portugaltunas - Tunas de Portugal

Faleceu Flavio Serzedello
Notícia 0/5 (0 votos)

Faleceu Flavio Serzedello...

Eterno sócio nº 1 do Orfeão Universitário do Porto...

ler mais

O Insular

Recordamos Flávio Serzedello, eterno orfeonista, com um poema da sua autoria, que ainda hoje, meio século depois da sua publicação original, reflecte o espírito do Orfeão Universitário do Porto: Porque Cantamos Cantar a vida inteira e sempre, quem nos dera! Cantar é traduzir em sons uma alegria, Viver um sonho e voar nas asas da Quimera! Cantar é ter no peito o sol da Primavera, Espargindo na alma os raios da Harmonia! Cantamos por prazer, com toda a alma e gosto! Cantando, cada um de nós se transfigura! Inútil é buscar, portanto, em nosso rosto, A sombra carregada e torva dum desgosto, Algum traço de dor, um laivo de amargura! Cantando é-se feliz e a vida é bem melhor! Cantando, a nossa alma esvoaça junto aos Céus Despida de paixões, brilhando com fulgor, Evadida da Terra em busca doutro Amor Que a entenda e acolha o imenso amor de Deus! Cantamos mesmo até quando a nossa alma chora!... Pode exprimir-se amor cantando umas canções. O canto é como a luz radiosa duma aurora Que vai esvoaçando além, p´los ares em fora, Derramando ventura e paz nos corações. Amava-se cantando em bem remotas eras. Cantando era que Orpheu adormecia as feras E arrebatou a Esposa às mãos de Satanás. Espalhando harmonia em todos os matizes Cantamos para vós, sentindo-nos felizes De poder partilhar convosco a nossa Paz! Flávio Serzedello de Oliveira (Orfeonista)

Reportagem do III FITUCB
Notícia 0/5 (0 votos)

Reportagem do III FITUCB...

Nos passados dias 13 e 14 realizou-se o III FITUCB – Festival Internacional de Tunas da Cidade de Castelo Branco...

ler mais

Notas sobre Tradição Tunante
Opinião 0/5 (0 votos)

Notas sobre Tradição Tunante...

É comum assistirmos a alguns arrivistas e tunos de ocasião (que não têm outro nome) a distorcerem, propositadamente, a ideia de Tradição Tunante,...

ler mais

Reportagem do Festival de Tunas de Santa Comba Dão
Notícia 0/5 (0 votos)

Reportagem do Festival de Tunas de Santa Comba D...

Reportagem do Festival de Tunas de Santa Comba Dão...

ler mais

J.Pierre Silva

Festivais de "aldeia" correm esse risco.

André Pereira

Estive lá como Tuno participante (TAIPAM) e não foi assim tão negativo... Vá, há coisas a corrigir mas também não é preciso ser tão mau...

Rute Basílio

Pois é... Quando se escrevem artigos sem conhecimento, é o que dá!

Papillon Bigodes

Gostava de saber em que perfil do Facebook\hi5\Twitter(?) foste descobrir que os "tunos, em que se diga de passagem" não sabem o que lá estavam a fazer. O resto arrogo-me a fazer comentários. Porque acabou o festival e tive que me ausentar. Se quiser ouvir outra opinião. Não muito dificilmente contacta-me. Ficarei à espera. :) J.Pierre - De facto é verdade que houve muita confusão no dia. infelizmente mesmo havendo poucas pessoas interessadas em organizar festivais\encontros entre tunas, há esse desejo de as trazer e de as mostrar a um "público geral" que nunca teve uma passagem por alguma univ. Mas contudo não é desculpa para haver algumas falhas, já que não é a primeira edição. Conhecendo as pessoas que estão por trás, com certeza que para as edições vindouras irão melhorar.

Tiago Daniel Gonçalves Pereira Copi

É verdade que por vezes e a bom parecer o desreipeito pelas tunas e pelo verdadeiro espirito académico fica um pouco a margem daquilo que a velha tradiçao salienta. Uma das coisas mais importantes e que toda a gente deve respeitar no mundo das tunas é o convivio entre as mesmas e a alegria do povo...O fundo da questao rege -se pelo simples facto de que, cada tuna, apresenta seja em festival ou em outra coisa que lhe queiram chamar "Festivais de aldeia", a sua tradiçao a nivel musical, espirito e alegria entre os mesmos. Mas, pondo de parte as ironias e borocracias, vamos aquilo que interessa....Um juri, de menos nivel que se "preze", é sempre um juri....talvez me permitam que cite, mas devido ao facto de ja ter pisados certos palcos um pouco por todo este pais, ja fui avaliado, repito "ja fui avaliado" por diversos elementos juristas em festivais de tunas que nunca souberam o que era uma tuna, e muito menos fizeram parte da mesma, mas que no entanto nao precisam de ter conhecimentos musicais assim tao suficientes para saberem avaliar da melhor forma uma tuna....a que dizer que as pesoas nao podem falar "decor", quando os factos por vezes podem assinalar o contrario....nao nos podemos defender com duas pedras na mao, quando ao mesmo tempo somos um pau de dois bicos.... Contudo, também afirmo que nao sou muito adepto desses tipos de juri, mas se foram escolhidos, assim o temos que entender, pois na verdade nem "só os amigos do VARA e do GODINHO é que se safam..." Existem aos pontapés pessoas que andam há anos e anos nesta vida das tunas, e o que se tira desse resultado é 0.00.....É que mais se vê! Portanto, vamos pegar no "touro pelos cornos", criticar quem tem as culpas no "cartório" e deixem os juris em paz que esse nao se metem com ninguem... Tiago Pereira

Tiago Daniel Gonçalves Pereira Copi

""diga-se de passagem, não têm conhecimentos musicais nem tunantes suficientes que lhes dê credibilidade como júri.""" Porquê tu tens? Tiago Pereira

Portuscalle 09
Notícia 0/5 (0 votos)

Portuscalle 09...

Mais uma edição do Festival organizado pela TEUP...

ler mais

João Matos

Só queria rectificar que a musica interpretada pela Hinoportuna, e referida como “Cantigas do Mar” é de facto "Cantigas do Maio" de José Afonso.

Carlos Dias

Penso que deveriam salientar apenas um factor: "O som esteve de grande qualidade e muito volume, nem sempre bem aproveitado por todas as Tunas." Discordo veemente desta afirmação, tendo actuado nesse palco. Penso que mais retorno seria mais importante do que "o volume" em si.

Bruno Rocha

Boa tarde. Em relação ao som do espectáculo, este foi de facto de grande nivel sonoro, mas de fraca qualidade,pelo menos em cima do palco. O retorno quase não existia e o equilibrio pedido no teste de som realizado na tarde de Sábado, não foi atendido. Certos instrumentos simplesmente não se ouviram. Por exemplo, no nosso caso(Hinoportuna), o clarinete e a flauta tranversal ficaram mudos... Não posso deixar de dar os parabéns à organização do festival, que nos acolheu muito bem. Krilinnn - Hinoportuna

XXIII FITU Cidade do Porto
Notícia 0/5 (0 votos)

XXIII FITU Cidade do Porto...

Reportagem e resultados de mais um FITU...

ler mais

Papillon Bigodes

Excelente Reportagem.

Marta

Subscrevo!! Finalmente uma reportagem objectiva, sem obedecer ao "copy-paste" que tantas vezes se vê por aí (e que às vezes resulta em asneiras, ao ponto de não se mudar o nome das músicas...) e sem "papas na língua" no que concerne ao bom e ao mau do evento!! Parabéns, Panamá!! :)

Marta

Subscrevo!! Finalmente uma reportagem objectiva, sem obedecer ao "copy-paste" que tantas vezes se vê por aí (e que às vezes resulta em asneiras, ao ponto de não se mudar o nome das músicas...) e sem "papas na língua" no que concerne ao bom e ao mau do evento!! Parabéns, Panamá!! :)

Véspera

Obrigado Denise pela reportagem. Faltou só referir uma coisita: a chuva! Argh! Odeio festivais ou encontros com chuva! Cheers

Véspera

Obrigado Denise pela reportagem. Faltou só referir uma coisita: a chuva! Argh! Odeio festivais ou encontros com chuva! Cheers

Marco Coelho

O nome da música com que a Tuna de Engenharia da Universidade do Porto iniciou o seu espectáculo é "Porto na memória" e não Porto sem memórias como foi referido na reportagem sobre o XXIII FITU. Obrigado.

Véspera

Espectáculo em video integral disponível em http://tv.up.pt/channels/XXIIIFITU

VII  FITU Terras de Cante
Notícia 0/5 (0 votos)

VII FITU Terras de Cante...

Foi nos dias 23 e 24 de Outubro que decorreu a VII edição do ...

ler mais

R T

Brutal. Cabal. Acolhedor e Esclarecedor. Grande Terras de Cante! Abraços!

Carolina Mendonça

Foi um fim de semana para recordar... Beja, até pro ano!!!!

Tiago Short - Copituna

Sendo elemento de uma das Tunas presentes gostaria de salientar uma questão. O espectáculo que a Copituna apresentou não se resumiu a isso. A entrada não foi apenas a leitura do poema e falta tudo o que se seguiu ao medley de Carlos Paião. Estamos a falar de uns bons 7 minutos.

“O Boom” dos anos 80 e 90 do Século XX
Opinião 0/5 (0 votos)

“O Boom” dos anos 80 e 90 do Século XX...

Existe hoje um pequeno histórico que permite a análise deste período referente a meados dos anos 80 e 90 do Século XX e que ficou conhecido como “boom” tunante ou explosão tunante...

ler mais

J.Pierre Silva

Informa-se que a parte da Palestra referente à Origem das Tunas Portuguesas (verdades e Mitos), apresentada no 6º ENT não será publicada por decisão do CoSaGaPe, dado que o texto contém dados que devem exclusividade escrita à edição de autor que o grupo pretende lançar em breve.

FESTA Madeira
Reportagem 0/5 (0 votos)

FESTA Madeira...

A Reportagem...

ler mais

Branca de Almeida

Com muita pena minha não pude ir à Sala de Congressos, mas assisti à serenata, ao "pasa-calles" e à prestação em Câmara de Lobos, e estas foram fantásticas, muito boa música e muito bom convívio Já ansiosa pelo próximo FESTA e com mais sorte para poder assistir a tudo. Beijos a todos os meninos da EAM.

Macieira .

Dá-lhe Félix!! Se correr tudo bem já estarei ai para ano! Grandes Abraços para o pessoal da EAM

Macieira .

Dá-lhe Félix!! Espero já estar ai para o ano! Grande Abraço para a EAM

Macieira .

teste3

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45

Parceiros