Portugaltunas - Tunas de Portugal

Providência

Serenatas Acidentadas...

Vou contar um breve episódio, para tentar colher a vossa opinião sobre o mesmo. Gostaria ainda que me contassem como reagiriam se tal tivesse acontecido convosco e que me contassem histórias caricatas que vos tenham acontecido durante este, o mais belo (na minha opinião) dos actos "tunantes"/trovadorescos.

Estava eu com dois amigos na 5ªfeira cerca das 3h30min a iniciar uma Serenata com Fados e Guitarradas de Coimbra à janela de uma rapariga que entretanto dormia quando:
após as cortinas ambicionadas se começarem a abrir e a luz a acender e já passados os primeiros cerca de 50 segundos de uma guitarrada - Canto do Amanhecer de Carlos Paredes - sai do prédio uma outra rapariga, a quem a Serenata não era dedicada que interrompe a música em alta voz, dizendo que não podíamos estar ali àquela hora porque era muito tarde, que devíamos ter vindo mais cedo, que até era a favor de serenatas, mas ia ter um exame às 9h30 e por isso, para nos irmos embora... (isto apesar da serenata não ser para ela e ela o saber...)

Gostava de saber a vossa opinião (antes mesmo de aqui colocar a minha) e sugestões sobre o que fariam (dependendo do vosso papel - quem faz a serenata, ou pessoa que já recebeu ou gostaria que lhe fizessem uma) para depois vos contar como acabou a história... eheheheh

 

[ordenar tópicos dos mais recentes para os mais antigos ] [voltar aos tópicos principais] [responder a "Providência"] [mostrar fórum em arvore] [denunciar abusos]


responde a Providência

Eu cá para mim continuava e tratava de marcar outra serenata para a intrusa para amanhã á mesma hora! Eheheheheh

 

[responder a "Flautas"] [denunciar abusos]


responde a Providência

Pois eu cantaria mais uma musiquinha mas essa de embalar para adormecer a donzela e depois dirigir-me-ia até á janela da pessoa certa e então cantaria até que a voz me doesse, ou não!
Ainda mais, voltaria no dia seguinte á "janela errada" com uma serenata como pedido de desculpas mas um pouco mais cedo!
Tou curioso para saber o que tu realmente fizeste!
Um abraço pra ti e os Parabéns pela tentativa falhada, ou não!

 

[responder a "pombinho_tub"] [denunciar abusos]


responde a Providência

ainda bem que a moça era a favor das serenatas...imagino se não fosse!
As serenatas são assim mesmo, aguentem-se!
So tenho pena que aqui em Lisboa não haja historias dessas (pelo menos ue não tenho conheciemnto) era sinal que havia serenatas a altas horas da madrugada!

Boa sorte p a proxima!

 

[responder a "Joana -TFISEL"] [denunciar abusos]


responde a Providência

a liberdade de um acaba, quando a do outro começa.

A moça tem todo o direito de "refilar" de a irem incomodar às tantas da manhã. Até poderia ser pior, como ter chamado a policia! Se tivesse sido mais cedo, de certo não diria nada!

Mas agora para se redimirem poderiam ir fazer-lhe uma serenata (um pouco mais cedo). Ficava mt bem e já que ela gosta tanto!!

Acima de tudo temos de nos saber respeitar uns aos outros.

 

[responder a "alegria"] [denunciar abusos]


responde a Providência

Isso para mim é só IMBEIJA !!!! Dôr de cotovelo por não ter sido ela... Porque com uma boa serenata de fundo (desde que o cantor não seja da mesma fôrma do que o bardo dos gauleses !!) até o sonho fica mais agradável proporcionando um acordar agradável e risonho...

Portanto para mim é só IMBEIJA !!!!

 

[responder a "cunha"] [denunciar abusos]


responde a :

Eles andem aí...é preciso é saber cativá-los!!!

Como costumamos dizer : "as Serenatas não se pedem... merecem-se!"

 

[responder a "cunha"] [denunciar abusos]


responde a Providência

Infelizmente já me aconteceu algo do género.

Aconteceu, já por mais de uma vez, de haver vizinhos que não simpatizavam propriamente com serenatas, e que vociferavam a alta voz no final. Regra geral, e dentro dos limites da decência, borrifamo-nos literalmente neles. hehehehe

Já me aconteceu de receber mesmo a visita de agentes da PSP, que se mostraram mais receptivos à ideia de estarmos a fazer uma serenata às tantas da manhã do que o estupor da vizinha que os chamou.

Lá está, nem toda a gente gosta. E, como a Joana disse, muita gente até gostaria mas não tem. hehehehehehe Como não estamos a cometer nenhum crime - embora estejamos a violar o horário em que deve vigorar o silêncio, segundo a lei - acho que não tem mal nenhum que façamos a serenata. Se a vizinha não gostar, que não se preocupe, pois meia-hora depois já pode ouvir o tele-shopping em paz. Se a estudante tem exame na manhã seguinte, já deveria ter o estudo em dia. ;)

Quando muito, diz-se amavelmente que "falta só um bocadinho, tenha calma!". Não nos podemos esquecer de que nós é que estamos em falta, ao não cumprirmos o horário de silêncio. Assim sendo, temos de ser compreensivos, pois a razão não está propriamente do nosso lado.

Abraço!

 

[responder a "Morph"] [denunciar abusos]


responde a :

Sem prejuízo de, hoje, tal não existir por ter sido revogado, ao que sei, no Porto, existe (existiu) uma postura camarária que diz que a título musical e somente, se pode quebrar o tal horário de silêncio. E isso incluí serenatas (não rock, como calculas..). Não posso precisar tal no tempo nem em termos jurídicos - não sei se O Conquistador poderá acrescentar algo a isto - mas sei que em tempos, tal postura camarária existia e serviu, ocasionalmente, para dialogar com a polícia quando algumas situações mais deagradáveis ocorreram por parte de vizinhos que a chamaram. Lembro que serenatas, na penumbra da noite, são algo completamente distinto de se fazer ruído, embora legalmente seja sempre de dúbia interpretação e por tal, poderá originar situações mais chatas para os Tunos.

LAVS TVNAE

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a :

Não sabia dessa postura camarária, mas já nos aconteceu no Porto a serenata ser interrompida pela PSP o que acabou por correr bem porque, com o nosso melhor ar de donzelas, começámos de imediato a fazer serenata aos agentes que nos vinham interromper e eles foram até muito simpáticos...vantagens do sexo feminino, não?

Camelus Musicalis

 

[responder a "Camelus Musicalis"] [denunciar abusos]


responde a :

Para a nossa próxima serenata, ficam desde já contratadas para ficarem escondidinhas atrás do outro lado da esquina, caso a PSP apareça... lol lol lol

 

[responder a "Novessetum"] [denunciar abusos]


responde a :

A questão não é ter ou deixar de não ter.
Mas na minha opinião nada mais bonito que um apaixonado e um bando de loucos se prestarem a este tipo de gestos seja para quem for. Vejo nesse acto a tradição estudantil viva e uma prova de que há tunas não vivem só para festivais!

Beijocas

 

[responder a "Joana -TFISEL"] [denunciar abusos]


responde a :

Exacto!
Mas por essa linha de ideias em Lisboa muito pouca gente as deve merecer...pois poucos são os relatos de conheço de serenatas a altas horas.
Quase q sei de mais serenatas em coimbra e no porto do q em lisboa...

 

[responder a "Joana -TFISEL"] [denunciar abusos]


responde a :

Se assim é sinto-me bafejada pela sorte, pois já fui (juntamente com outras colegas) brindada por uma serenata aquando de uma estadia em Lisboa! É certo que já lá vão alguns anos mas que não era cedinho não era! ;)

 

[responder a "Camelus Musicalis"] [denunciar abusos]


responde a :

Não poderia concordar mais contigo!

E, quanto a mim, espero sinceramente poder continuar a fazer serenatas pelo país fora e não só. Não é que me dê mais ou menos gozo do que estar num palco a actuar para um público mais extenso, é simplesmente diferente. E, a meu ver, muito mais especial.

Beijinhos!

 

[responder a "Morph"] [denunciar abusos]


responde a :

Por acaso não fazia ideia.

Apenas sei que qualquer manifestação organizada de cariz musical precisa de uma autorização camarária, caso se dê depois das 22h e antes das 10h, salvo erro.

Como é óbvio, não vamos exigir o pré-requisito de o apaixonado pedir uma serenata à tuna já devidamente munido de autorização camarária hehehehehehe de modo que uma tal disposição seria uma grande vantagem, pelo menos para mandar um caloirito apresentá-la aos agentes da autoridade enquanto o resto da tuna acabava a serenata. hehehehe

Vou ver se descubro um dia destes qualquer coisa acerca disso.

Abraço!

 

[responder a "Morph"] [denunciar abusos]


responde a Providência

Para mim não há hora para serenatas, mas às 3h e 30m, estou a imaginar a borracheira, digo isto porque também já participei em serenatas fora-de -horas, mas a borracheira já ia mais alta que a lua.
Nós na nossa tuna temos a tradição de fazer as serenatas à meia-noite. Em que penso ser a hora ideal, nem é tarde nem é cedo. Apesar de nem ser 5 min, é sempre chato acordar a meio da noite, agora para quem está a estudar, triste do estudante que 3 minutos o faz reprovar no exame.
Agora a estoria pode estar mal contada, e o som não ser só o da melodia de uma serenata.

 

[responder a "TunoCzar"] [denunciar abusos]


responde a :

A minha opinião é q jovem rapariga que tinha exame tem razão em não estar com vontade para ouvir serenatas ás 3:30 da manhã.... mas... uma serenata é sempre uam serenata, e como já foi dito, momentos destes não acontecem todos os dias...... há menos mulheres a merecer.. :) (joking) :D

Penso que a jovem do exame podia sim, ir falar com os jovens tunantes e pedir-lhes que quando acabassem de tocar, fossem para outro lugar.....


Podiam sempre fazer um teste, na noite seguinte deslocavam-se de novo ao local e repetiam o momento, pois a probabilidade de ter exame também no dia seguinte era baixa. Assim iriam ver se a jovem falava verdade ou era apenas uma alminha com inveja.......

...Mas ela era fix??? :) Talvez também merecesse uma serenatinta.....


Abraço!!

 

[responder a "Manitas ESTuna"] [denunciar abusos]


responde a :

Caríssimo, lamento mas tenho de discordar!!
Serenata não tem hora, nem local!!!

Não gosta! Paciência!!!
Nós fazemos muitas serenatas em Alfama às 2,3,4h da manhã e tb há pessoas que se queixam. Mas por regra acabam sempre por ouvir a serenata e ninguém falta ao respeito a ninguém.

Claro que temos sempre respeito pelo sono dos outros e não andamos a fazer barulho por aí, mas normalmente as pessoas acabam por incorporar o espírito da "coisa", nem que seja pela duração da música!!

 

[responder a "Régi$"] [denunciar abusos]


responde a Providência

Bem, a única serenata que fiz, não foi assim tão tarde, senão não tinha tunos, mas era altamente compreensivel, época de exames, a malta tem de estudar e mais nada!
Foi na minha residencia de estudantes, antes da meia noite, logo, hora em que se pode "fazer barulho", e foi giro toda a gente à janela a ver, tirando o episodio triste de um "animal" que não me curte ter mandado uma boca em plena serenata, ao que a comtemplada imediatamente o mandou calar, o que é sempre bonito, .
Ver se faço uma um dia destes em território mais "hóstil" para contar como foi... E a horas mais hóstis! lol

 

[responder a "In_Line_Boy"] [denunciar abusos]


responde a :

Este rapaz deve ter nascido na Faixa de Gaza ehehehe In Line, eu disse GAZA..nada de trocadilhos fáceis...ehehehee

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a Providência

..fazendo um "reward" desde 1990 até hoje, vejamos...a garrafa mandada no fim da serenata que acerta em cheio nos dentes do contrabaixista, com a devida recolha do mesmo junto ao 1º dentista amigo..a serenata feita a meninas de profissão liberal duvidosa (de quem ninguem duvidava..) nas montras de uma cidade holandesa, a serenata feita a uma num prédio que acabou em casa de outras do mesmo prédio, sempre com cavalheirismo deva-se realçar...ehehe...as várias com a Tuna da PSP a chegar sempre a meio, curiosamente, outra em que 1º veio a Donzela e no fim ficou á janela a mãe da mesma...enfim, o maravilhoso mundo das Serenatas em todos os seus capítulos..a última tem um mês mais coisa menos coisa, a próxima..nunca se sabe; nem quando, como e muito menos a quem. Como se faz? Simples, haja Tuna!

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a Providência

O que é que está errado nesta história:

"Estavamos a tocar uma serenata às 3 e 30 e mandaram-nos calar! Alguém que tinha um exame às 9 e 30, e que ainda por cima, nem tinha nada que ver com a serenata (mas tinha de levar com ela na mesma..)" ????


Sim senhor.

É assim, a vida boémia tem destas coisas.. Ora se tem o maior dos sucessos em serenatas tardias e deliciosas (também as conheço) ou então vem alguém que nos chama a atenção, quando estamos de facto "a mais" e a incomodar e talvez a ser mal-educados.

Uma das duas..


Não te ofendas porém, pois não é esse "perigo" um dos interesses?

 

[responder a "Espectofotómetro X"] [denunciar abusos]


responde a :

Amigo Bago, não tarda nada temos Tunas a rodos a fazer serenatas às duas da tarde ou coisa que o valha...é como dizes, a hora tardia faz parte do encanto, logicamente!

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a :

Também são cidades mais pequenas...logo é mais fácil ter-se essa percepção!
Nós por cá quase todos os meses temos...

 

[responder a "cunha"] [denunciar abusos]


responde a :

Podes sempre deixar o teu contacto para te fazermos uma Serenata...!! Quem sabe...
Ou então se não quiseres deixar aqui o contacto dirige-te à nossa página em www.tusofona.com e lá combinamos!

Porque não?? A raparigas do ISEL acho que nunca cantámos...

 

[responder a "cunha"] [denunciar abusos]


responde a :

Concordo inteiramente.

Não me esqueço da cara de felicidade de uma "linda donzela", no caso a dona de uma residencial que, quando a tuna partiu, lhe foi feita uma serenata, da rua para a sua janela... às duas da tarde!
E ainda nos ofereceu um saco de 5kg de rebuçados. hehehehehehehehe

 

[responder a "Morph"] [denunciar abusos]


responde a :

..é de longe melhor que sejam feitas às 14h, também concordo, se bem que a Tradição refere-as na penumbra da noite!

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a :

Ok, ok.. Compreendo que para alguns a serenata "só se possa" fazer de noite... Enfim..

Mas não é por isso que à tarde (ou até de manhã.. Já experimentaram sequer???) não se cantem e toquem serenatas com tanto sentido como à noite..

Tudo bem, a tradição refere as serenatas na penumbra da noite..
E a experiência refere serenatas a qualquer hora do dia; cada qual com um encanto peculiar (e irreproduzível!..)


Cantem rapaziada! Só não chateiem ninguém, que não vale a pena..

Haja "serenatas" e "respeitinho".. de resto, cada um é que sabe.

 

[responder a "Espectofotómetro X"] [denunciar abusos]


responde a Providência

Em primeiro lugar estás aqui a misturar dois "protocolos" diferentes. E não é o mesmo sendo fado ou sendo a tuna, até pelas diferenças entre o carácter muito mais intimista da primeira. Ademais a maioria dos nossos companheiros que frequentam este lugar não sabem nem nunca saberão o sabor do que isso significa.

No caso concreto:
- podias ter tentado induzi-la em que a serenata também estava "encomendada" para ela;
- podias convencê-la que as serenatas na véspera dos exames dão sorte e têm um efeito calmante e que ter a sorte de lhe ter acontecido isso era o mesmo que ter encontrado um trevo de quatro folhas. Mas que interromper a serenata dava azar e tinhas muita pena pela nota que iria ter;
- que não sabiam as horas e como o relógio estava estragado te comprometias a acompanhá-la no dia seguinte até à entrada do exame, e , de passagem, deixavas a "cebola" no relojoeiro a consertar.

Meu caro, apesar de teres prometido contar o final da história (e vamos lá ver qual é), parece que não leste a cartilha.
hehehehehehehehehe

Abraços do Coração das Beiras

 

[responder a "JPS"] [denunciar abusos]


responde a :

É evidente que se pode fazer a qualquer hora, estamos num estado de Direito. Quanto à experiência dizer que é a qualquer hora, enfim..depende da experiência de cada um, de cada local, etc, cá pelo burgo a experiência é mesmo à noite, se calhar nós é que estamos errados..ehehehe..por fim, e sem prejuízo para o decorrer habitual do espírito de contradição sempre animador, tenho de concordar, pode-se fazer serenatas à hora que se quiser, poder pode, como se pode andar nú na rua ou conduzir em contramão na autoestrada ou até colocar um artista a 1º Ministro sem ir a votos (um toque de actualidade ao post..eheheh). Pode-se fazer tudo, lá poder pode...quanto ao resto...enfim, por isso uns têm credibilidade, outros não...

Abraços!!

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a :

Uma vez mais, touché, caro TunoGasto. Agora venham lá esses "neo-tradicionalistas" com o seu espírito de contradição primário dizer umas coisas engraçadas sobre a matéria ..ehehehehe

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a Providência

Já li algumas das sugestões para o desfecho deste episódio em que se dizia que se deveria tentar argumentar com a rapariga que nos interrompeu mas, neste caso, optamos mesmo por não lhe dirigir a palavra e afastarmo-nos para conferenciar um pouco.

Após breve conversa em que pesamos os pros e os contras, decidimos regressar e em sinal de respeito ao exame do dia seguinte, mas atendendo também que estavamos ali para fazer uma serenata a outra pessoa, tocamos um bocadinho mais longe da janela, de modo a fazer menos barulho, e encurtamos o repertório da serenata para dois breves fados - Fado dos Beijos e O Meu Desejo (celebrizados na voz de Luiz Goes e que aconselho vivamente a todos os frequentadores do forum que ainda não conhecem).

Claro que, voltamos noutro dia em que a mesma não pudesse alegar novo exame, e desta vez fizemos a serenata bem mais à vontade e sem qualquer tipo de queixa, até porque a dita tinha ido de fim-de-semana. :PP

Concordo com o TunoGasto no sentido de Serenatas de Fado de Coimbra serem diferentes das de Tunas.
Ambas valem à sua maneira. Sendo o Fado de Coimbra mais intimista, quando a Serenata é feita por uma Tuna, existe um espírito de companheirismo muito mais amplo... um entusiasmo diferente, enquanto que com Fado, acaba por ser mais intenso e emocionalmente exaustivo.

De qualquer maneira, é sembre bom enfrentar corações renitentes ou de visão toldada na calada da noite e transformá-los em compota... :)

 

[responder a "Providência"] [denunciar abusos]


responde a :

Fizeste-me lembrar uma serenata que fiz com alguns ilustes da tua Tuna, a uma namorada de um certo familiar meu, que já "habitou" lá para os teus lados. Passou-se em Braga. Entramos sorrateiros para o jardim da casa onde morava a dita menina... e silenciosamente começamos com as Ondas do Douro (em Ré, que é como tocamos desde 93) ... eu como único bandolim iniciei o trinado inicial. Não é que quando entram as violas, estas entram todas em Dó? Foi lindo ver a cara de atrapalhação do meu primo, que por acaso até ia solar essa canção. lol

Enfim, desculpem-me o desvaneio, mas não pude deixar de recordar esse momento.

 

[responder a "Novessetum"] [denunciar abusos]


responde a :

Comparações engraçadas.. Então, porque é que fazer serenatas a qualquer hora não é como "ir comprar pão às sete e meia da manhã para o pequeno almoço da família", ou então "ir passear o cão para a praia"...

É brincadeira, não ligues..

Tem a ver com a relaçao dos estudantes e dos tunos com a noite: É engraçado, divertido, é (apenas) parte das suas vivências, mas, não é, de todo, "obrigatória".


Bem hajam! (às horas que quiserem)

 

[responder a "Espectofotómetro X"] [denunciar abusos]


responde a :

...afinal, são essas pequenas grandes coisas que fazem com que a gente se lembre dessas mesmas serenatas, não só mas também! Mas também te digo que mesmo que tocassem todos a mesma música ehehe por o teu primo a solar é igual a pôr o Santana a Primeiro Ministro....hilariante no limite!! ehehehehe

P.S. - "Meus" lados? negativo, não são nem nunca foram....

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a :

lol
Exactamente...são momentos que ficarão guardados na minha memória... e na da dita menina também lol

Havias de ter visto a cara do Coimbra também... a olhar para o lado com cara de que algo não estava muito bem lol lol

 

[responder a "Novessetum"] [denunciar abusos]


responde a :

Mauzinho porquê? Sabias que 1/5 da população mundial está na China?... agora imagina quantos olhos em bico existem por esse planeta fora...

Outra coisa, ainda me vais dizer como é que um gajo semi desaparece...

 

[responder a "Novessetum"] [denunciar abusos]


responde a :

..e para o meu amigo "Coimbra" ficar com aquela cara, ele, com o seu ar "blasé" a transbordar calma e compreensão até pela situação mais idiota ehehehe, é porque de facto, teria merecido a pena ver a cena..ehehehehe

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]


responde a :

Até pensava que era mais... mas era para entrar com o tunogasto ;)
Smi desaparecido, é não dar noticias por menos tempo, do que se não desse noticias por muito tempo...
e tudo isto depois de ter exame as 10 da manha! lol

 

[responder a "In_Line_Boy"] [denunciar abusos]


responde a Providência


Bem..antes de mais, posso-me gabar de ter sido "vitima" (no bom sentido) de uma serenata bem tardia... quais penumbra da noite, qual quê!! No entanto, foi das surpresas mais inesperadas e gratificantes q tive na minha vida! Recordo aquele trinar de cordas, aquelas vozes, enfim, aquele gesto magnifico com frequencia! É, sem duvida, inesquecivel... Principalmente qdo é feito c/sentimento! Sou tunante e talvez por isso, ou nao, vivi aquele momento intensamente! E o melhor da festa é q as vizinhas adoraram a alvorada ao som duma Tuna masculina... Ja perguntaram qdo havia mais!!!
Por tudo isto, axo q as serenatas devem ser feitas a horas inesperadas... se n fosse àquela hora, n teria a magica q teve... digo eu!!!

 

[responder a "Malaleuca"] [denunciar abusos]


responde a :

O que eu não disse é que se elas merecerem e pedirem também há a possibilidade de se proceder à serenata...
Agora se elas não merecerem...e se pedirem muito (tipo massacre: "oohh! Vá lá, cantem lá uma musiquinha... Nunca ninguém me fez uma serenata!!) ... então cantamos-lhe aquela que reza assim: "És tão feia, mesmo feia, mas assim não me pões os cornos! ..." LOL!!!

De qualquer forma continua em dia a proposta!

Um abraço.

Cunha

 

[responder a "cunha"] [denunciar abusos]


responde a Providência

Soprou-me um passarinho que o nosso Providência acabou os seus "Doze Trabalhos".
Enfim, já é "Shôr Tôr". A partir de agora também já pertence à tuna da bata branca com cartão amarelo (de identificação, claro).

As maiores felicitações e desejos dos maiores sucessos profissionais.

P.S.- Já agora, um conselho: quando chegar a altura da especialização não vás para ginecologia.
A partir de certa altura ver aquilo a toda a hora e ainda por cima "doente" deve cansar. E depois quem paga é a mulher lá de casa. lol

Um abraço do Coração das Beiras

 

[responder a "JPS"] [denunciar abusos]


responde a :

Também n deixa de ser verdade o que dizes, embora não haja qualquer relação impeditiva ao fazer uma coisa face á outra..ehehehe

 

[responder a "RT"] [denunciar abusos]

ricardão c
responde a :

Apoiado, Exlm. Tuso!
Acrescento ainda uma coisa: para se fazer uma serenata é preciso que quem as recebe as mereça!!! (como diria alguém nosso conhecido!)

 

[responder a "ricardão c"] [denunciar abusos]

Parceiros