Portugaltunas - Tunas de Portugal

Macieira .
responde a R T:

Para ser sincero...

O site está bom mas não funciona bem em todos os browsers(foi feito para o firefox e não IE)

O banner poderia ter mais fotos a passar...

Quanto ao conteúdo:

Existe uma grande importância nos festivais, quem ganhou, quem participou etc (Basta olhar para as noticias...).

As respostas, na língua de Shakespeare,Posts ou Reply, deveria ser colocado a ordem ao contrario, isto é, a primeira resposta seria cabeçalho do tópico e as resposta deveriam ir da mais nova a mais antiga (evitava-se o scroll até ao fim dos tópicos quando estes são gigantes até ao fim), mas isto é só a minha opinião...

No forum, é colocado muita informação útil, com opiniões e observações bastante interessantes, mas só são as 5 primeiras respostas... A partir dai, deixa de o ser, porque o xpto diz que não concorda e o outro diz que concorda e num tópico que seria interessante, o assunto deixa-o do ser porque ele acaba por ter mais de 30 respostas onde 70% não interessa porque acaba por ser mais do mesmo.
No final disto tudo não existe respeito pelas opiniões um dos outros, isto é, pelas pessoas mais novas que andam à pouco tempo na vida Tunante e pelas que andam à mais... Se é que esta situação ocorre mais entre os Tunos mais velhos...

Isto é só meramente a minha opinião... Eu sou estou ca à uns pares de anos neste mundo... :P

 

[responder a "Macieira ."] [denunciar abusos]

Menina Kati
responde a R T:

Sim Nuno, mesmo mesmo sinceros. A contribuição critica de todos é muito importante para a melhoria do nosso trabalho. Infelizmente há aquelas pessoas que falam e criticam de forma negativa, sem sequer saberem do que falam, quem estão a ofender.. etc. Enfim.. o "bom" costume português! E essas também gostamos de as ouvir!

 

[responder a "Menina Kati"] [denunciar abusos]

O Conquistador
responde a R T:

Uma vez que a pergunta é "o que É o PTunas" para mim, aqui vai:

para mim, essencialmente, o PTunas é o fórum.

Quero com isto dizer que «uso» essencialmente o portal pelo Fórum, não tanto pelas outras secções: Notícias, Opinião, Tunosfera, Biblioteca e Directório.

Isto é, evidentemente, um erro meu, porque o PTunas é - ou pretende/devia ser - uma «one-stop-shop» (ou uma «loja tem-tudo») sobre tunas.

Posto isto - e reconhecido este erro (ou vício de utilização) da minha parte - fui, por desfastio, dar uma vista de olhos (ainda que superficial) pelas outras secções.

De facto, nenhuma das outras secções é especialmente completa - à excepção das Notícias (que vive essencialmente dos festivais) - ou especialmente exaustiva, nomeadamente o directório, por exemplo. Haverá aí muito ainda por onde crescer.

Outro exemplo, a Biblioteca. Apesar de serem poucas as publicações sobre tunas, não existe uma bibliografia (ainda que sumária). Bem sei que ler coisas em papel não está propriamente na moda, mas... mesmo assim...

Algumas críticas do Macieira ao fórum parecem-me pertinentes - e porventura algumas delas caber-me-ão. Como conseguir conciliar a necessária liberdade de expressão com limitar o número de intervenções por tópico, de forma a evitar dar a sensação de que o mesmo é uma espécie de feudo de meia-dúzia? De facto não é, mas às vezes pode dar essa sensação. Parece-me uma aspecto difícil de conciliar.

Talvez os mais novos se sentissem menos "assustados" em participar. Talvez por vezes possam pensar que nem vale a pena participar. Mas, que diabo, também é necessário que a nova geração não seja tão melindrosa e, acima de tudo, que lute por aquilo em que acha que tem razão. Os "velhos" não têm a razão toda, e os "novos" não são uma cambada de ignorantes, cujas opiniões - ainda que infundadas ou "precipitadas" tenham de ser liminarmente apedrejadas.

Nota que, a meu ver, não têm razões para "medo", embora perceba que por vezes se possam sentir algo intimidados. Porventura, este aspecto não será propriamente "responsabilidade" do portal. Se calhar seria necessário que cada um revisse/repensasse a forma como intervém (e note-se que o cuspe me cai em cima da cabeça).

Apesar das lacunas (que nunca serão completamente colmatadas - só quando a Tuna acabar)[*], continua a ser o melhor espaço sobre tunas em Portugal - à excepção das tascas, ruas e residências universitárias femininas deste país.

Abraço e

BOA MÚSICA!

[*] Como diria o chefe da aldeia gaulesa: «Oxalá amanhã não seja a véspera desse dia!»

 

[responder a "O Conquistador"] [denunciar abusos]

R T
responde a O Conquistador:

Bons dias a todos!

Não vou, por ora, discorrer questões mais pontuais/técnicas, o que irei fazer mais adiante, aguardando mais participações que desde já, agradeço em nome do PTunas. Aliás, se o fazemos, é na perfeita convicção de que podemos fazer ainda mais e melhor, seguramente.

Vou antes - e porque o Conquistador acima aflorou o tema - sim abordar a questão da percepção que, porventura, alguns poderão ter sobre o PTunas. Lembro-me e a esse propósito algumas coisas ditas - umas deliciosas, outras não - e ao longo destes ultimos 8 anos, e que mostraram de forma clara que muita gente não fazia sequer a menor ideia do que seja de facto e em concreto este portal. Houve quem achasse que era uma inicitiva do IPJ, outro houve que sugeriu sermos algo relacionado com o Ministério da Cultura; também já houve quem nos tivesse visto como uma espécie de tribunal albitral tuneril que organiza o ENT e até já tivemos quem nos dirigisse emails a pedir para "intervirmos superiormente" e face aos resultados de um determinado festival que, segundo o remetente do mail, "foram falseados". Acreditem ou não, isto - e muito mais - já aconteceu e no que toca à percepção de fora e para dentro, sobre o que é de facto o PortugalTunas.

O que se me afigura mais estranhamente raro é, após todo este tempo online, ainda haver quem não saiba de facto o que é o PortugalTunas. Isso sim é que me parece estranha e extremamente bizarro nos dias que correm. E é essa mesmissima entourage que, para nós, mais trabalho tem dado a desmontar, se quiserem, nas mentes mais desprevenidas/desavisadas/incautas/algumas poucas mal intencionadas até, que por aqui vão passando ciclicamente. O PortugalTunas foi, é e será apenas e tão somente um orgão e informação/formação, ponto período. É privado e tem vocação de serviço público tuneril, se assim quiserem. Tem uma Administração e Direcção de Informação em razão de matéria. Tem rostos claros, perfeitamente identificados. Tem Colaboradores que, tal como os Administradores e Directores, de forma desinteressada e sem qualquer retorno material, se esforçam por ceder parte do seu tempo livre - e às vezes também o ocupado - para poder aproximar esta comunidade. Por todas estas razões e outras, é pertinente lembrar sempre o essencial e quanto ao PortugalTunas.

Muito do trabalho efectuado não é sequer visivel aos vossos olhos; porque não tem de o ser em 1º) e 2º) porque tem mesmo de ser feito sob pena de, ao não se fazer, originar constrangimentos ao utilizador. Muitas vezes e para que se possa ir ao encontro do que a "malta" acha e pretende, o preço para isso é pago sempre por quem gere esta máquina "por dentro". Exemplo? Só a gestão da base de dados em backoffice ocupa o tempo suficiente para se tocar umas vinte musiquitas e beber umas 10 "mines" ao mesmo tempo. Logo, depreende-se que e citando o povo "água ráz no *ú dos outros para mim é refresco!". Fica pelo menos uma pálida ideia do que estamos a falar, escusando de falar detalhadamente do tratamento e gestão de conteúdos - só aqui está o grosso da coluna do que somos e fazemos - da gestão informática/segurança do portal e essencialmente, da gestão da imagem do próprio Portal enquanto tal.

E aqui, meus caros, é que tocamos no ponto que mais nos importa, a par com a Informação e Formação. Já se passou aqui por várias etapas, que foram sendo queimadas paulatinamente, por força da experiência. Já lá vai o tempo do "artista" que sob falso nome vinha para o Forum regar a fogueira com gasolina. Entre outras coisas que foram terminando e dando lugar à maturidade que só a experiência pode conferir. Da anterior versão para a actual a base de dados de registos foi totalmente limpa, pois chegou-se a ter 4 "Cardeais Cerejeira" registados, entre outras burlescas manobras que apenas originavam duas coisas: Sobrecarga de registos - enganando assim a realidade - e mais e mais tempo dispendido a tentar perceber que raio andava o "Cardeal Cerejeira" a fazer com tal nick, a troco de quê e porque razão. Isso acabou agora e desde esta versão. Um primado do sossego, meus caros. Por isso e por outras razões o Forum está mais calmo, muito mais: há mais tranquilidade, maturidade e muito Facebook para os "Cardeais Cerejeira" desta vida fazerem o que antes aqui era possivel e agora já não é.

Tudo isto para vos dizer que o PortugalTunas é de todos, os que a bem vierem. Com ou sem Forum - que é o que os utilizadores querem que seja, afinal, não só mas também - há mais, muito mais para ver por aqui. E até podem Vªs ExªS contribuir, basta fazerem login e carregarem p.ex. a Biblioteca com conteúdos vários que vocês achem pertinentes: É que os instrumentos estão aqui, à Vª disposição, para que peguem neles e toquem, meus caros!

É toda esta entourage que, por ora, queremos desmontar e clarificar. Na certeza de que - independentemente do que possa cada um de nós achar - somos o que somos e não mais nada, fazemos o que podemos e nada mais e obviamente existimos porque existem tunas. Mais simples é impossivel.

Abraços e continuem a dar a vossa "opinadela"; se a pedimos por alguma razão terá sido....

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

R T
responde a R T:

Disse acima o Conquistador e muito bem, tocando quiçá, no essencial - e no que diz respeito a este forum em concreto:

"Talvez os mais novos se sentissem menos "assustados" em participar. Talvez por vezes possam pensar que nem vale a pena participar. Mas, que diabo, também é necessário que a nova geração não seja tão melindrosa e, acima de tudo, que lute por aquilo em que acha que tem razão. Os "velhos" não têm a razão toda, e os "novos" não são uma cambada de ignorantes, cujas opiniões - ainda que infundadas ou "precipitadas" tenham de ser liminarmente apedrejadas." (fim de citação).

O Forum é, para nós, apenas mais uma secção/parte do todo que faz o PortugalTunas. É, contudo, uma espécie de porta aberta onde, por força de tal, obedece a certas e determinadas regras. Nada de mais natural.

Colocar a ênfase do portal apenas numa secção, seja ela qual for, é uma perspectiva quanto a nós, limitada, e no que toca ao todo. Se por um lado as notícias/reportagens hoje vivem de um refresh feito este ano nos colaboradores, na sua maioria, gente nova e activa nas suas tunas - prova inegável de que os mais novos também estão por cá e em força - por outro acaba por se compreender que sejam os mais velhos a usar o fórum com mais regularidade. Contudo, nada disto é por si só uma regra, devem os mais novos e os mais velhos e os do meio participar em todas as partes que fazem este todo, dentro do contexto em causa e em razão de matéria obviamente. Já muitas vezes se diabolizou o forum do PTunas e por uma simples razão: será porventura a face mais em realtime do palpitar e sentir das coisas porque possibilita o contraditório. Haverá quem com este último lide mal ou de todo saiba lidar mas isso não é responsabilidade seguramente de quem proporciona tal ferramenta de interacção.

Fica a pequena adenda ao post acima.

Abraços!

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

Gato Preto
responde a R T:

Boas

Sem certeza deverei ser o decano de todos os participantes que com regularidade aqui vão exprimindo as suas opiniões, considerandos e por vezes as suas querelas. Se sou o Tuno decano, serei com toda a certeza, o caloiro de todos aqueles que anteriormente referi, em matéria de participação no PT.

E isto decorre de uma coisa simples. O fim absoluto do envolvimento regular com a minha Tuna.

Agora, de longe, o PT constitui o cordão que me mantém neste Universo.
Ele é fundamentalmente a minha folha de couve, a página que vamos recebendo sobre a nossa Terra quando a vida nos obriga a ir embora.

Como qualquer órgão informativo o PT pode ou não ser leitura favorita. Um alvo da nossa valoração ou da indiferença. Como tudo o que se propõe aos outros, o resultado e resposta estética será díspar. Naturalmente.

Para mim vir ao PT faz parte da rotina diária, tal qual como consultar as primeiras páginas dos jornais desportivos ou devorar o Expresso todos os sábados. Aqui venho e aqui estou, porque gosto e vivo o fenómeno Tunante. O bom e o mau.
Deu-me tanto e aqui continua a dar.
Curiosamente o mais importante da vida. Amigos e saúde mental.

Um forte abraço.

p.s. - os velhos falam mais...ser Tuno não tem idade. A idade traz experiência. O Forum é o espaço de troca de opiniões, de experiências...Espero não ver aqui aplicada a regra da limitação de mandatos...

 

[responder a "Gato Preto"] [denunciar abusos]

R T
responde a Gato Preto:

Caro Gato, se pelo menos esse "mérito" este portal tem - o de manter laços - então já valeu a pena, definitivamente.....

Aqui não há limitação de mandatos coisa nenhuma; o que há é espaço para partilhar e dar a outros que, porventura, aprendam e apreendam qual a missão/missões deste portal, isso há seguramente. Sempre que nos é possivel e as condições o proporcionam havendo para isso gente que queira de facto seguir estes humildes passos mas de forma coerente, permanente e alegre, esse espaço é dado na hora. Mais simples é impossivel. E tanto "caloiro" tem este portal hoje em dia como Colaborador, por exemplo. Ora, se assim é tal significa que há espaço para todos, haja salubridade e boa vizinhança, olhando para o todo do fenómeno e não - como é vulgar ocorrer - para a comezinha vaidade particular.

Talvez uma das maiores "conquistas" deste espaço tenha sido precisamente essa: conjuga o verbo Fazer também na 3ª pessoa do plural, digo eu.

Sofremos contudo de um grande problema e desde 2003 até hoje: estamos sozinhos naquilo que fazemos, ou seja, não há outro portal ou similar que tenha a abrangência "porta-aviónica" do PTunas; há mais coisas do que havia - blogs, facebook´s e quejandos - mas assim, com esta capacidade multifacetada, não há mais nada. O que lamentamos profundamente, por todas as razões e mais alguma. Talvez seja por estarmos "sozinhos" no espaço internaútico que tudo e todos se viram, à sua maneira, para cá. E sempre sentimos esse "peso" nos ombros, no dia a dia, a cada fim de semana, a cada certame, encontro, noticia de facto. É uma chatice mas temos de viver com ela. Da melhor forma possivel, sempre.

E vivemos estes anos todos a passar por muitas coisas, como já referi anteriormente. O PTunas já é mais "velhinho" até que algumas tunas, pasme-se, poucas certamente, mas é. Mas lá vamos andando, umas vezes melhor, outras pior, sabemos o que falta fazer mas precisamos sempre de todos vós, novos, velhos, de meia idade. Estamos agora mesmo a viver uma época "facebookiana" que nos leva a tentar ser mais audazes e sagazes face ao que a "malta" de hoje quer, procura e pretende. Estamos agora mesmo a trabalhar nisso porque sozinhos é uma coisa, autistas será outra. Lidamos bem com a critica positiva, fundamentada, coerente. Sempre foi assim. Daí este post, precisamente. O ano tuneril vai a meio e terá o interregno da "silly season" costumeira de Verão. Vai servir para nós irmos ainda mais além, como até já foi pré-anunciado. Não foi antes porque também temos vida própria, todos nós. Mas as coisas novas estão quase a chegar. Não queríamos, a tempo e horas, desperdiçar a oportunidade de vos escutar. Nem seria inteligente sequer ignorar quem nos lê, como tu, todos os dias.

Abraços!

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

R T
responde a R T:

"Talvez uma das maiores "conquistas" deste espaço tenha sido precisamente essa: conjuga o verbo Fazer também na 3ª pessoa do plural, digo eu."

Melhor dizendo, na 1ª, 2ª e 3ª pessoa do plural.

Abraços!

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

Gato Preto
responde a R T:

Caros Conquistador e R.T., amigos de tantas lutas. O Macieira tem razão. De repente, e sem porquê, eis-nos a açambarcar o contraditório.

"Que percepção têm Vªs Exªs do....PortugalTunas? O que é para vós o PortugalTunas?"

Respondido.

Aquele singelo abraço. Sem limitações. Óbvio.

 

[responder a "Gato Preto"] [denunciar abusos]

R T
responde a Gato Preto:

Bom, o tópico continua aberto!

O Macieira tem razão porque... foi a jogo. Que mais venham!

Abraços! A porta está aberta, como sempre.

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

J.Pierre Silva
responde a Gato Preto:

O problema é similar a uma casa onde a família janta com a televisão ligada: deixa de haver diálogo e a informação passa a ser obtida no écrã.
Aqui, neste nosso mundo, a televisão são os festivaise, logo, "todos" acham que a sua aprendizagem e o saber muito de tunas passa por aquilo que apreendem daí, não sentindo necessidade de dialogar, de questionar, de debater (e muitas vezes quando o fazem, preferem que sejam num programa a seu gosto, tendo dificuldade em ver uma RTP2 tunante que contradiga a sua formatação teletunante).

 

[responder a "J.Pierre Silva"] [denunciar abusos]

J.Pierre Silva
responde a R T:

Indo ao assunto:

O PTunas tem evoluído, embora sujeito àquilo que é o actual panorama tunante: marcado pelos festivais e pouco mais. Mas se pouco mais há que importe à comunidade, é normal que as demais secções sejam algo esquecidas.
o Fórum, esse, é também, para mim, o que mais atenção me desperta. Pena é que as pessoas só participem quando há celeumas, muitas delas pouco importadas em discutir de facto, mas antes levadas por motivações "groupies".

O formato do fórum, contudo, não permite uma coisa essencial: reter alguns tópicos onde existe claramente informação que forma, por isso se repetindo, volta e meia (hoje menos, porque menos participado) as mesmas perguntas (quando poderia haver um mecanismo de pesquisa que direccionasse as pessoas para aqueles tópicos onde o conteúdo é formativo, de facto.
´
O que lamento é a perda de alguns utilizadores, grandes nomes da comunidade tunante que deixaram de aparecer e cujo saber e qualidade davam outra vida ao fórum.

 

[responder a "J.Pierre Silva"] [denunciar abusos]

J.Pierre Silva
responde a R T:

Uma das próxima empresas a que o portal poderia, e deveria, lançar-se, com o contributo de todas as Tunas, era tornar-se repositório do legado, ou seja uma espécie de Biblioteca-Museu virtual, um pouco à semelhança do Museo Internacional del Estudiante.

Com efeito, alguns já se terão apercebido que a informação histórica sobre a biografia das tunas portuguesas é volátil, veja-se, pro exemplo, que históricos e fotos de tunas de inícios do boom não abundam ou desapareceram (à medida que as páginas foram abaixo ou que as tunas se extinguiram).
Para quem tem dedicado parte destes anos a pesquisar sobre o fenómeno, nada é mais certo que nem mesmo as páginas das próprias tunas asseguram que, daqui a alguns anos, a informação disponibilizada assim continue.
Veja-se, por exemplo, a títulod e exemplo, a dificuldade em se encontrar clichés da EUC nos seus inícios, ou mesmo da TUP (entre 1984 e 1995). O mesmo para tantas e tantas outras cuja fundação se situa nesses anos e de que não há registos disponíveis, ou em que se torna difícil contactar quem tenha (quando muitas vezes nem a própria tuna as temnos seus arquivos porque pertencem a tunos que já saíram do activo, tunos esses que muitas vezes nem se conhecem pessoalmente).

Ora o que o PTunas poderia, a meu ver, fazer, era completar o seu directório, pedindo a todas as tunas que enviassem em documento Word o seu histórico (algo mais detalhado, e não necessariamente páginas de prémios ganhos), narrando os principais momentos e protagonistas, e umas 10 fotos, incindindo, estas, principalmente, nos tempos iniciais da respectiva fundação (dos seus primeiros anos), devidamente legendadas (data, local/âmbito), preferencialmente fotos de família (e não aquelas fotos ad hoc) que possam, daqui a 20, 30 ou 100 anos, servir a quem queira usar isso como documento histórico.

Está comprovado que, por vezes, nem mesmo as próprias tunas se preocupam em preservar o seu histórico (perdendo-se, pelo caminho, ao longo dos anos, preciosos dados), mas era hora de haver uma preocupação em deixar memória, em partilhar a mesma, em promover um arquivo nacional informativo e descritivo que possa servir às gerações futuras.

Poderia ser isso uma das tarefas de uma Federação Nacional de Tunas, mas, a meu ver, cabe perfeitamente no PTunas, conqanto haja meios técnicos e humanos da sua parte e, acima de tudo, colaboração efectiva de todas as tunas.

 

[responder a "J.Pierre Silva"] [denunciar abusos]

R T
responde a R T:

Ilustre JPierre:

Mais um caso em que se "culpa" quem menos culpa tem, seguramente.....

O Directório SEMPRE esteve e está à disposição de todos, sejam tunas, tunos e afins, para inclusivé serem adicionados conteúdos de vária ordem. Mais, nesta nova versão - e tal foi devidamente informado por aqui - pode-se enviar para esse directório desde suporte Word e PDF até, passando pelos formatos comuns de imagem e finalmente audio/video até é possivel. Foi, aliás, um avanço desta nova versão e face à anterior a capacidade de permitir formatos variados.

É que - e volta-se a repetir - é fácil entrar-se na questão do "preso por ter cão, preso por não ter". Não cabe exclusivamente a este portal a missão de carregar o mesmo com conteúdos quando qualquer utilizador o pode fazer - desde que registado, obviamente. Repetimos, também temos vida própria e a mais não somos obrigados.

Que dizer perante isto, meus caros?? As ferramentas estão aí, à Vª disposição. Porque não as usam, então?

Abraços!

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

R T
responde a R T:

Errata: Refiro-me à BIBLIOTECA e não ao directório, embora o mesmo se aplique a esta última secção.

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

J.Pierre Silva
responde a R T:

Mas lá está: se o PTunas possibilita tal, o facto é que falta muita coisa - algo que compete às Tunas.
Seja como for, penso que seria de fazer um apelo mais direccionado, mais veemente, não que o portal seja obrigado, mas por sentir que é uma urgência e que está nba hora de apelar à memória e preservação do legado.
Um óptimo tópico para o próximo ENT, diga-se.

 

[responder a "J.Pierre Silva"] [denunciar abusos]

R T
responde a J.Pierre Silva:

Ilustre:

Compete às Tunas mas também a cada um de nós, pois podes fazê-lo já a seguir até, se quiseres. É coisa que possibilitamos a cada utilizador; Ora, se não o fazem, a culpa de tal não pode ser imputada ao...PTunas, seria no mínimo bizarro.

Abraços!

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

R T
responde a J.Pierre Silva:

Porque me esqueci, apenas:

Apelos veementes ás tunas, dizes tu. Lembrei-me agora de "uma" que aconteceu ainda na 1ª versão, logo em 2003, quando havia a secção da "Tuna do Mês". A uma dita cuja - nem interessa referir - enviamos um pedido de entrevista por mail, enviando as perguntas até no mesmo mail, com mais de um mês de antecedência para publicação no mês seguinte. Acredites ou não, nem sequer resposta na volta obtivemos, fosse a dizer o que fosse, mormente as insistência da nossa parte (3 pareceu-nos mais do que suficiente).

De todo, meu caro. Não temos de apelar, em rigor, às tunas para algo que a elas lhes interessa acima de tudo e todos, quando nós fornecemos até os instrumentos para dar essa visibilidade às mesmas.

Espero que o exemplo - raro mas existente - seja mais do que perceptivel daquilo que estamos a falar. Estamos de portas abertas, não de pernas abertas.

Abraços!

 

[responder a "R T"] [denunciar abusos]

Parceiros