Portugaltunas - Tunas de Portugal

XI LETHES - a reportagem completa deste grande certame...
/5 ( votos)

XI LETHES - a reportagem completa deste grande certame...

A Reportagem Completa De Uma Grande Festa...

O festival teve início no dia 11 de Março com uma Noite de Serenatas, que decorreu junto da Sé Catedral de Viana do Castelo e nem a chuva conseguiu demover cerca de uma centena de espectadores.

Soam os primeiros acordes, ficando a cargo da tuna organizadora, Hinoportuna, dar início a este espectáculo com "Sonho Meu", seguido pelo seu "Hino Pertuna". A actuação dos anfitriões terminou com "Cantigas de Maio", tema de Zeca Afonso.

A primeira tuna a concurso foi a Tuna de Derecho de Valladolid. Iniciaram com o conhecido tema "Noche de Ronda" e terminaram com "Vallisoletana", durante a qual deixaram escapar alguma da animação que lhes é reconhecida.

Seguiu-se a Azeituna. Num registo bem mais conhecido, os Bracarenses iniciaram com "Bairro do Oriente" e finalizaram com um, também, não menos conhecido "Só Gosto de ti".

A Tuna de Medicina da Universidade do Porto foi a terceira tuna a concurso, dando início à sua apresentação em Viana do Castelo com a serenata intitulada "Mulher". "Quero" foi o tema escolhido para se despedirem do público.

Em representação da cidade de Aveiro, apresentou-se a TUA, Tuna Universitária de Aveiro, onde cerca de 13 elementos brindaram todos os presentes com o tema "De Baixo dos Caracóis" e terminaram com o tema "Lá Longe".

Para terminar a noite, subiram ao palco os 30 elementos da Estudantina Universitária de Coimbra, que sem grandes demoras apresentaram "Senhora Lua". Para terminar, a tuna vencedora desta noite tocou "Minho Encantador".

Já com a chuva rendida aos encantos dos temas apresentados, a festa continuou noite dentro pelas ruas de Viana do Castelo. Nem o frio que se fazia sentir desmobilizou os presentes nesta noite de serenatas e nada como refrescar as gargantas e continuar com o espírito com que se iniciou esta noite. Por entre serenatas dedicadas, especialmente, às guias presentes, a noite passou a correr.

Depois de um acordar muito complicado para os mais resistentes da noite anterior, seguiu-se o almoço e já recompostos uma tarde solarenga e repleta de actividades onde nos confrontos entre as várias tunas se destacou a Estudantina Universitária de Coimbra vencendo o já famoso "Beer Pong", deixando-se adivinhar uma magnifica noite de festival.

O XI Lethes realizou-se no teatro Sá de Miranda, com a magnífica sala lotada. E tal como já se adivinhava o espectáculo foi sensacional.

A TUNICE, tuna feminina e apadrinhada pela Hinoportuna, fez as honras da casa dando assim início a esta noite. Apresentou-se em palco com 24 elementos, começando a sua actuação com o seu hino "Luzias", sendo esta dedicada aos seus padrinhos, e rapidamente entoam os acordes do tema "Tempus Fugit", um instrumental original. Continuaram com um tema de Simone de Oliveira, "Sol de Inverno". Para finalizar a sua actuação, interpretaram um tema de Amália Rodrigues, "A minha terra é Viana".

A primeira tuna a concurso foi a Estudantina de Coimbra. Com cerca de 30 elementos, iniciaram a sua prestação com o famoso tema "Assim mesmo é que é (Rapariga) " onde se destacaram as suas pandeiretas. Seguiu-se "Abril em Portugal" e "Cirandeiro" onde o ritmo de bombos tradicionais entra em destaque. Segue-se o seu instrumental, "Bach Medley" uma rapsódia de temas de J. S. Bach. De seguida a música de solista, uma música escrita por Antero de Quental e João Farinha, um fado de Coimbra chamado "Maria". Para terminar a sua actuação e continuando no registo tradicional Português, interpretaram "Chula Rabela".

Seguiu-se a Tuna de Medicina da Universidade do Porto, com 35 elementos iniciou a sua actuação com "Romeiro ao Lonxe". Prosseguiu com um tema original chamado "Conquista" seguido de uma estreia, "La Cumparsita" um instrumental, sendo este um tango popular Argentino. É a vez de ser posto à prova o solista interpretando "Em que terra", retirado da peça "Violino no Telhado". Para culminar a prestação tocam "Noites de Ronda", o Hino desta tuna portuense, tema este onde brilha todo e ritmo e coreografia dos pandeiretas.

A 3º tuna a concurso veio da vizinha Espanha, no caso, Tuna de Derecho de Valladolid.
Com 17 elementos iniciaram a sua actuação com o tema "Rumor em los Balcones" seguido do tema "Madrigal". Com dedicatória especial a todos os portugueses e com direito a bandeira das quinas em palco, o solista espanhol brilhou com o tema "Como yo te amo". Mais uma vez merece o aplauso de toda da plateia cantando "Granada", ouvindo-se mesmo o termo "Ah Fadista...". Terminam a sua actuação com o tema "Horas de Ronda".

Depois de um curto intervalo e uma pequena homenagem por parte da Hinoportuna ao professor Rui Teixeira, presidente do IPVC, subiu a palco a Tuna de Ciências da Universidade do Minho, a Azeituna. "Percursos", o tema instrumental vencedor desta noite, marcou o início da actuação. Seguiu-se um tema de Jorge Palma "Dá-me Lume" e, de seguida, um original "Suevos". Desta vez, e com alusões aos acontecimentos nacionais dessa tarde, um tema dos "Resistência", a conhecida "Marcha dos desalinhados". Seguiu-se "Caminhos de água", tendo terminado com "Passeio ao Minho".

A última tuna a concurso foi a Tuna Universitária de Aveiro. Com 20 elementos, iniciaram a sua actuação com o seu já conhecido original "Barco de Aveiro". Prosseguiram com o seu "Mix Zeca Afonso", seguindo-se "Silêncio do Mar". Ainda tiveram tempo para interpretar o tema "Malagueña", onde se destacou a prestação do seu solista, finalizando com "Amor à Beira Mar".

Por fim subiu a palco a tuna organizadora, a Hinoportuna. Com cerca de 50 elementos em palco esta iniciou a sua actuação com o seu hino, "Hino Pertuna". Enquanto o júri tinha a árdua tarefa de deliberar, a tuna da casa teve oportunidade de estrear um novo tema intitulado "Meu Fado". Já com os prémios a servir de cenário, os representantes de todas as tunas participantes foram convidados a acompanhar os momentos finais desta actuação. Temas como "Duetos" um instrumental, "Flor Verde Pinho", "Santa Luzia" e para finalizar o conhecido tema "Havemos de ir a Viana" foram ouvidos e aplaudidos pelos presentes.


Júri composto por:

Dra. Flora Silva - Presidente da Assembleia Municipal de Viana do Castelo e Madrinha da Hinoportuna;

Prof. Maestro Francisco Lima - Maestro da Filarmónica de Vila Nova de Anha;

Prof. Rui Teixeira - Presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo;

Dr. André Oliveira - Membro Veterano da Hinoportuna;

Eng. Carlos Bexiga - Coordenador do grupo de fados de Viana do Castelo.

Prémios:
Serenata - Estudantina Universitária de Coimbra
Solista - Tuna de Derecho de Valladolid
Instrumental - Azeituna
Pandeireta - Tuna de Medicina da Universidade do Porto
Estandarte - Tuna Universitária de Aveiro
Tuna + Tuna - Tuna de Derecho de Valladolid
Segunda Melhor Tuna - Tuna de Medicina da Universidade do Porto
Melhor Tuna - Azeituna

Uma palavra de apreço à Hinoportuna pelo acolhimento e disponibilidade manifestadas durante todo o festival.
Muitos parabéns por mais este evento e boa sorte para o próximo Lethes!


 

Parceiros