Portugaltunas - Tunas de Portugal

X FITUIPS
/5 ( votos)

X FITUIPS

A Reportagem

Nos passados dias 29 e 30 de Abril, a cidade de Santarém recebeu o X FITUIPS, Festival de Tunas organizado pela Scalabituna - Tuna do Instituto Politécnico de Santarém. A edição deste ano contou com a participação das seguintes Tunas a concurso:
* Tuna Universidade de Aveiro (TUA)
* Estudantina Universitária de Coimbra (EUC)
* Luz&Tuna
* anTUNIA

O Festival teve início na noite de 6ª feira 29 de Abril na escadaria do largo do Seminário de Santarém com a noite de serenatas. Já com a Scalabituna "em palco"; a abertura das serenatas foi feita ao som da guitarra portuguesa de Ricardo "Gracinhas" Maques acompanhado na guitarra por João "Verde" Correia. A eles juntou-se de seguida Guilherme "Ídolos" Madeira reproduzindo a composição do grupo "Três Bairros", interpretando o seu original "Anoitecer no Tejo". A Scalabituna apresentou as suas serenatas originais "Amor Antigo" interpretado pelo solista Diogo "Carapinha" e "Lágrimas do Tejo" interpretado por Guilherme "Ídolos" Madeira. Seguiu-se a Estudantina Universitária de Coimbra com "Canção das Lágrimas" de Luiz Goes interpretado pelo solista Pedro Ventura "Provisório" e "Senhora Lua" de Mário Sousa Santos. A noite de serenatas prosseguiu com a Luz&Tuna que apresentaram "Serenata ao Luar (Trovador)" de Alves Coelho e o original "Nunca mais". A anTUNIA apresentou a serenata original "Sentidos" na voz do solista Luís Gonçalves "Miúdo Novo" e "São Sonhos que se espalham ao Luar" interpretado pelo solista Ricardo Ribeiro "Bocage". A Tuna Universitária de Aveiro encerrou a noite de serenatas com os temas "Lá longe" na voz do solista Rafael Mendes "Jendrixx" e "Debaixo dos Caracois dos teus Cabelos" interpretado pelo solista Luís Borges "Panzer"


Para a noite de sábado dia 30 de Abril estava reservada a noite do Festival que teve lugar no mítico Convento de S. Francisco.


A primeira Tuna a concurso a pisar o palco foi a Tuna Universitária de Aveiro (TUA) que iniciou a sua atuação com o original "Nova Primavera" seguido do "Mix Zeca Afonso" com apontamentos do solista Rafael Mendes "Jendrixx", que inclui excertos dos seguintes tema: "Índios da Meia Praia", "Venham mais Cinco", "O que faz Falta", "Grândola Vila Morena", "Homem da Gaita" e "Canção do amigo". Prosseguiram com o instrumental original "Silêncio do mar" e com mais um tema de "Zeca" Afonso, "Fantoche de Kissinger" solado uma vez mais por Rafael Mendes "Jendrixx". Por último a TUA apresentou o original "Amor à Beira Mar".


Em palco seguiu-se a Estudantina Universitária de Coimbra (EUC) que iniciou a sua atuação com o fado de Coimbra "Maria" de João Farinha com letra de Antero de Quental e interpretado pelo solista Pedro Ventura "Provisório". Prosseguiram com "Mudam-se os tempos, mudam-se as Vontades" de José Maria Branco (poema de Luis Camões) com intervenções dos solistas Pedro Ventura "Provisório", Mauro da Silva, Rui Freitas e Daniel Fernandes. De seguida apresentaram "Tango para Teresa" de Ângela Maria, interpretado pelo solista Sérgio Pereira "Rotundas" e o instrumental "Bach Medley" que talo como o próprio nome indica inclui vários temas do compositor Johann Sebastian Bach. A EUC apresentou ainda "Vida tão Estranha" uma vez mais interpretado pelo solista Pedro Ventura "Provisório", o original "Numa Noite de Luar" e terminando a cappella com o hino académico "Gaudeamus Igitur"


Após o intervalo subiu a palco a Luz & Tuna que iniciou a atuação com o tema "Menino do Bairro Negro" de "Zeca Afonso" seguido de "É de Lisboa" de Amália Rodrigues/António José/Lídia Lurdes da Costa, ambos os temas interpretados pelo solista "Bolha". Prosseguiram com o instrumental "Variações em Rém" do Mestre Fontes Rocha, seguindo-se o original "Canta Lisboa" e terminando com o tema dos Madredeus "Senhores da Guerra"


A última Tuna a concurso a pisar o palco do X FITUIPS foi a anTUNIA que apresentou "Canção do Mar" de Frederico de Brito/Ferrer Trindade, o instrumental "Concerto grosso em Rém" de Arcangelo Corelli e "O Tejo corre no Tejo" de Carminho. Prosseguiram com "Em Água e Sal" de Marco Rodrigues na voz do solista Luís Gonçalves, o original "Rastos de Sabor" e finalizando a sua atuação com "Senhora do Mar" de Vânia Fernandes/Andrej Babic.


Enquanto o júri deliberava, subiu a palco a anfitriã Scalabituna que começou por apresentar "Santarém é Bela" adaptação do tema de Agir (Ela é Bela) na voz do solista Guilherme "Ídolos" Madeira prosseguindo com "Noite de Verão" dos Trovante e com mais um interlúdio com letra adaptada, desta vez com "O Amor é assim" dos HMB uma vez mais na voz do solista Guilherme "Ídolos" Madeira. O solista de serviço da Scalabituna viria ainda a interpretar "Canto de uma Saudade" de Fernando Alvim e "Flagrante" de António Zambujo. A Scalabituna terminou a sua atuação com o original "Chuva de Verão". 

Procedeu-se de seguida à entrega dos prémios cuja deliberação coube ao júri composto por Maria Teresa Azoia (fadista), Inês Barroso Lopes (vereadora da Câmara Municipal de Santarém), Pedro Carvalho (administrador do Instituto Politécnico de Santarém), Vasco Tomás (Ex-tuno e Tuno Fundador da Scalabituna) e Marco Crespo Manteiga (Tuno Fundador da Scalabituna).

Melhor Serenata - Estudantina Universitária de Coimbra
Melhor Pandeireta - anTUNiA
Melhor Bandeira - anTUNiA
Melhor Solista - Estudantina Universitária de Coimbra~
Melhor Instrumental - anTUNiA
Melhor Original - Luz & Tuna

Melhor Pega - Estudantina Universitária de Coimbra
2ª Melhor Tuna - Luz & Tuna
Prémio Vitor Margarido (Tuna mais Tuna): anTUNiA
Melhor Tuna - anTUNiA

Parabéns à Scalabituna pela organização do seu X FITUIPS e às Tunas presentes pelo espetáculo que apresentaram à cidade de Santarém. Um agradecimento especial à Scalabituna pelas condições proporcionadas para a realização da presente reportagem.

Luis Domingos "24.5"
Vincent Domingos "25"

 

Parceiros