Portugaltunas - Tunas de Portugal

X Estudantino - Festival Internacional de Tunas
/5 ( votos)

X Estudantino - Festival Internacional de Tunas

Luz&Tuna Vence X Estudantino

Os vídeos promocionais apresentados desde há algum tempo pela Estudantina Académica do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (EAISEL) não deixaram ninguém indiferente: prometia-se uma grande festa no X Estudantino - Festival Internacional de Tunas, integrado nas comemorações do 19.º aniversário da EAISEL, e o espectáculo não defraudou as expectativas de quem, no dia 21 de Abril, se deslocou ao Cine-Teatro da Encarnação.

Apesar do festival ter início oficial apenas no Sábado, a festa iniciou-se na 6.ª feira, onde alguns elementos de algumas tunas participantes, bem como amigos, rumaram a Lisboa e deram início à festa. A noite terminou no Real República de Coimbra, no Bairro Alto, em ambiente muito animado e de confraternização entre os presentes.

Sábado, o festival iniciou-se com o pasacalles entre o ISEL e o Bairro das Amendoeiras, local onde as tunas apresentaram as suas serenatas e contagiaram a população com a sua alegria, música, animação e irreverência. Após uma tarde de convívio onde até o S.Pedro deu uma ajuda, rapidamente chegou a hora de jantar e da deslocação para o Cine-Teatro da Encarnação.

Com lotação completamente esgotada, pouco passava da hora marcada quando se iniciou o espectáculo, ficando a sua abertura a cargo de alguns elementos da EAISEL que, em palco, recriaram alguns vídeos promocionais já bem conhecidos do público.

Chegou, então, a vez da TFISEL - Tuna Feminina do ISEL abrir o espectáculo, como tuna extra-concurso. Com 21 elementos em palco, iniciaram a sua prestação com o tema "Ele e Ela", prosseguindo para "Ode à Tuna". De seguida, interpretaram a sua versão de "Só Gosto de Ti", entreando ainda o tema "Lisboa", aproveitando a ocasião para entregarem uma lembrança à EAISEL. "Rapazote" foi o tema que se seguiu, terminando a TFISEL a sua prestação com o tema "Lisboa e o Tejo", ao qual se juntaram alguns antigos elementos: uma actuação com o toque feminino que fez a diferença para o resto do espectáculo.

A primeira tuna a concurso da noite veio de Setúbal. Com 24 elementos em palco e um repertório maioritariamente original, a ESTuna - Tuna de Engenharia da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal iniciou a sua actuação com os temas "Vida de Tuno" e "Outra Vez". Em seguida, apresentaram ao público a sua serenata, "Sereia do Sado", e o seu conhecido "Rio Azul". A actuação terminou com "Janela para o Mar" e o seu FRA. O público pôde, assim, assistir a uma actuação irreverente e cheia de espírito académico.

Do Monte da Caparica, veio a TinTuna - Tuna Académica da Egas Moniz. Com 26 elementos em palco, apresentaram o seu espectáculo TinTuna FM, iniciando com dois temas de solista: "Nini dos meus 15 anos" e "Guitarra Toca Baixinho". Seguidamente, a sua prestação foi composta por "Quatro Caminhos" e "Com que Voz", terminando o seu espectáculo com "Siga a Marinha" e o FRA. Tratou-se de uma actuação estruturada, com muito humor à mistura, sem descurar a qualidade musical.

A finalizar a primeira parte do espectáculo, apresentou-se em palco a Tuna de la UNED de Elche. Com 17 elementos em palco, iniciaram a sua prestação com "Canción del Mar", a versão castelhana de "Canção do Mar", de Dulce Pontes. Seguidamente, o seu solista brilhou em "La Hija del Mariachi", tendo a actuação prosseguido com "El preso número 9" e "Duerme Negrito". Finalizaram a sua prestação com "Barlovento" e um popurrí de pasodobles espanhóis. Tratou-se de uma actuação muito consistente e de grande qualidade musical, com excelente interacção com o público.

Após um breve intervalo, subiu a palco a quarta tuna a concurso da noite. A TAIPAM - Tuna Académica do Instituto Português de Administração e Marketing - Cidade de Matosinhos apresentou-se com 25 elementos em palco e iniciou o seu espectáculo com uma pequena entrada à capella sobre a sua cidade, apresentando seguidamente um fado da cidade que os acolheu neste X Estudantino, "Canoas do Tejo". A actuação prosseguiu com "Vaidade de ser do Porto" e com o tema de solista em "Moliendo Café". A serenata "Mente ao meu Coração" deu continuidade ao espectáculo, despedindo-se do público com aquela que é a sua identidade em "Senhor de Matosinhos", saindo de palco com "Assim mesmo é que é". Destaca-se a apresentação das suas músicas, com pequenos interlúdios musicais, bem como a cumplicidade com o público, fruto da animação proporcionada.


A Bruna - Tuna Universitária da Figueira da Foz foi a tuna que se seguiu. Com 22 elementos em palco, iniciaram a sua prestação com uma introdução instrumental de "Lisboa Menina e Moça", prosseguindo para "Versos de Amor". De seguida, o seu solista interpretou "Maria", um original da Bruna, tendo este tema dado lugar a "Navegantes". Num tema mais romântico, interpretaram  "Muñequita linda" e "À Minha Maneira". Despediram-se do palco com um tema imortalizado por Simone de Oliveira, "Figueira" e surpreenderam o público com "O Teu Olhar", à capella, a fechar a actuação. Uma actuação madura pautada por pormenores vocais e instrumentais de grande qualidade.

A última tuna da noite a concurso foi a Luz&Tuna - Tuna da Universidade Lusíada de Lisboa que, com 45 elementos em palco, presenteou o público com duas excelentes músicas na abertura do seu espectáculo: "Menino do Bairro Negro" e "Senhores da Guerra". A actuação prosseguiu com o seu instrumental (salientando, aqui, que foi a única tuna a concurso a apresentar tema exclusivamente instrumental) e com o tema de solista "Tasco da Mouraria". Terminou a sua prestação com o original "Canta Lisboa" e o FRA. Um espectáculo completo e de muita qualidade, que arrebatou o público: mesmo sendo a última tuna a concurso da noite, não faltaram aplausos.

Enquanto o júri deliberava a actuação dos prémios e se recolhiam os votos do público com vista à atribuição do prémio Tuna Mais Público, subiu a palco a tão esperada Estudantina Académica do ISEL. Com mais de 60 elementos em palco, presentearam o auditório com as músicas que têm levado a outros eventos tunantes do país, mostrando assim ao seu público os temas que nem sempre há oportunidade de mostrar em casa. Como tal, iniciaram o seu espectáculo com um tributo a Madredeus, com os temas "Sonho", "Vem" e "Andorinha", apresentando posteriormente pela primeira vez, em casa, a sua adaptação de "Medo", de Amália Rodrigues. "Gaivota" foi o tema que se seguiu, tendo a EAISEL apresentado ainda o instrumental "História da Música". A finalizar a sua actuação houve lugar para a "Rua do Gato Preto" e, inevitavelmente, o seu "Hino". Tratou-se de uma actuação entusiasta, com muita vontade de mostrar qualidade e trabalho, deliciando os presentes que não arredaram pé e que aplaudiram fortemente a tuna da casa.

O Júri, composto por:
Carlos Passos - Violinista de orquestra e Presidente do Sindicato dos Músicos.
José Barros - Músico, fundador e membro de vários grupos musicais; ex-ensaiador da EAISEL.
Rui de Sá Sequeira - Maestro do Grupo Coral de Lisboa do Clube Portugal Telecom e da Orquestra de Cordas Portuguesas da Aldeia da Música. Ex-elemento do grupo de Musica Popular Portuguesa Maio Moço.

Deliberou:
Melhor Pandeireta - Luz&Tuna - Tuna da Universidade Lusíada de Lisboa
Melhor Estandarte - TAIPAM - Tuna Académica do IPAM, Cidade de Matosinhos
Melhor Instrumental - Luz&Tuna - Tuna da Universidade Lusíada de Lisboa
Melhor Solista -
Tuna de la UNED de Elche
3.ª Melhor Tuna - BRUNA - Tuna Universitária da Figueira da Foz
2.ª Melhor Tuna - Tuna de la UNED de Elche
Melhor Tuna - Luz&Tuna - Tuna da Universidade Lusíada de Lisboa

Foi ainda atribuída, ainda que informalmente, uma menção honrosa aos solistas da BRUNA - Tuna Universitária da Figueira da Foz e da Luz&Tuna - Tuna da Universidade Lusíada de Lisboa.

A organização atribuiu:
Prémio Melhores Pernas - TFISEL - Tuna Feminina do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa
Tuna Simpatia -
BRUNA - Tuna Universitária da Figueira da Foz
Melhor Desfile - TAIPAM - Tuna Académica do IPAM, Cidade de Matosinhos

Tuna Mais Tuna - ESTuna - Tuna de Engenharia da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal

O júri feminino das serenatas, realizadas durante a tarde de Sábado, atribuiu o respectivo prémio à Luz&Tuna - Tuna da Universidade Lusíada de Lisboa, tendo esta tuna também arrecadado o prémio de Tuna Mais Público

A festa prosseguiu noite dentro no Bar do Cine-Teatro da Encarnação, em ambiente de festa e confraternização entre os participantes e o público.

O Portugaltunas agradece toda a disponibilidade manifestada pela EAISEL ao longo do X Estudantino, parabenizando-a pela edição deste magnífico festival e pelos seus 19 anos.

Parceiros