Portugaltunas - Tunas de Portugal

VII FITUFF: Reportagem
/5 ( votos)

VII FITUFF: Reportagem

A Reportagem

A Tuna Bruna, agora Tuna Universitária da Figueira da Foz, organizou mais uma edição do seu Festival, rebaptizado de FITUFF. Mudou o nome mas a qualidade permanece inalterada.

No dia 12 de Março, abriram-se as hostilidades com o jantar de comemoração do 17º aniversário da Tuna Bruna, com a presença de várias gerações de "Brunos" assim como de alguns amigos. Depois de um jantar muito animado, fez-se um passeio pelos bares da Figueira como aperitivo ao Festival.


No dia 13 de Março iniciou-se o FITUFF com as Serenatas, no bonito Teatro da Trindade de Buarcos, onde cada Tuna encantou os presentes com as suas músicas.

No final, dirigiram-se todos ao Casino da Figueira para o respectivo check-sound. Até à hora do festival foi muita a animação nos bares e mais tarde no jantar, num restaurante logo ao lado.

Às 22 horas iniciou-se o festival com a participação extra-concurso da Imperial Neptuna Académica da Figueira da Foz (19 elementos em palco). Apresentaram "Coração Neptuno", "Estou além", "Problema de Expressão" e "Mix Figueirense" que levaram ao rubro a plateia. Deixaram no final o desafio aos figueirenses de devolver o Ensino Superior à Cidade.

De seguida, iniciou-se o concurso com a Tuna de Engenharia da Universidade do Porto (49 elementos em palco). Apresentaram "O fortuna" seguido de "Festa da Vida", o instrumental "Czardas" e "Maria Maria". Terminaram com "Hoy" uma actuação marcada pela exuberância musical nos arranjos e um bom espectáculo de pandeiretas e estandarte.

Seguiu-se a Afonsina - Tuna de Engenharia da Universidade do Minho (30 elementos em palco). Entraram em palco com o auxílio do autocarro Afonsino e do Super Tuno! Apresentaram "Lenda da Fonte", "Há dias", o seu instrumental de nome..."Instrumental", "Siga a Marinha" e o seu Hino "Afonsina". Fica marcada esta actuação pela boa disposição minhota, pelos bons arranjos musicais e pelos seus pandeiretas.

Logo de seguida, nuestros hermanos da Tuna de Ingenieria Técnica Industrial de Malaga (32 elementos em palco) que apresentaram "Cintas de mi capa", "Sonrisas y Flores", "Imagenes de ayer", "Silêncio", "Malaga Reina Calé" e saíram de palco com "Sebastopol". A típica qualidade musical espanhola onde se destacou um irreverente solista!

Para finalizar o concurso apresentou-se a Copituna d'Oppidana - Tuna Académica da Guarda (34 elementos em palco). Apresentaram "A morte saiu à rua", "Playback", o medley "Saudade", o instrumental "Domingo à tarde" e finalizaram com a música de solista "Senhora do mar" que levou ao rubro a plateia. Destacaram-se nesta actuação os excelentes arranjos e ligações entre as várias músicas, assim como os seus pandeiretas e estandartes extremamente coordenados.

Enquanto o júri deliberava, apresentou-se a Tuna Bruna - Tuna Universitária da Figueira da Foz (23 elementos em palco) com os temas "O teu olhar", "Maria", "Navegantes", "Canção da Figueira" terminando com "À minha maneira" para gáudio de todos os presentes.


No final, o júri deliberou da seguinte forma:


Melhor Tuna - Copituna d'Oppidana - Tuna Académica da Guarda

2ª Melhor Tuna - Tuna de Engenharia da Universidade do Porto

Tuna + Tuna - Tuna de Ingenieria Técnica Industrial de Malaga

Melhor Instrumental - Tuna de Engenharia da Universidade do Porto

Melhor Solista - Copituna d'Oppidana - Tuna Académica da Guarda

Melhor Tema Original - Afonsina - Tuna de Engenharia da Universidade do Minho

Melhor Pandeireta - Copituna d'Oppidana - Tuna Académica da Guarda

Melhor Porta-Estandarte - Copituna d'Oppidana - Tuna Académica da Guarda

Melhor Serenata - Copituna d'Oppidana - Tuna Académica da Guarda

No final os Tunos dirigiram-se até aos bares numa noite de convívio que se estendeu até de manhã, terminando nas areias da praia da Figueira!


Os parabéns à Tuna Bruna por mais um magnifico Festival, brilhantemente organizado! Venha o VIII FITUFF

 

 

Parceiros