Portugaltunas - Tunas de Portugal

Tuna Veterana da Portucalense em Leon
/5 ( votos)

Tuna Veterana da Portucalense em Leon

O Relato Na 1ª Pessoa...

No passado fim-de-semana de 21 de Abril decorreu o Certame de Tunas de León, integrado no Circuito Nacional de Tunas Universitárias e de Distrito, que contou com a presença da Tuna Veterana da Universidade Portucalense extra-concurso.

As actividades do Certame começaram na 6ª feira ao fim da tarde, com o pasacalles seguido da serenata às madrinhas do Certame, evento no qual, devido aos afazeres profissionais dos tunos da TVUP, os veteranos da Portucalense não participaram.

As ruas do Barrio Húmedo, centro histórico de León, encheram-se então de tunos que fizeram ouvir as suas vozes, violas e bandurrias até altas horas da madrugada.

No Sábado realizou-se a parte competitiva do Certame, no fantástico Auditório Municipal Ciudad de León, dotado de uma acústica fabulosa. Às 17:00h abriu o Certame a Tuna da Universidad de León (organizadora) seguida das 9 (!) tunas a concurso.


A qualidade das interpretações foi tal que nem com a concorrência do Barça x Real o público arredou pé e a sala manteve-se cheia do início ao fim do espectáculo.

Coube aos tunos da cidade invicta encerrar o Certame, enquanto o júri deliberava.

Iniciaram a actuação com "Continuamos a amar", seguido do fado "Rosa Branca". Posteriormente e dedicada às donzelas leonesas, a serenata "Buongiorno Principessa" foi um dos momentos altos do espectáculo, com a interpretação do solista a merecer altos e sonoros bravos da plateia. A actuação terminou com um tema que é já um clássico, "Não venhas tarde", onde os veteranos pandeireta e porta-estandarte mostraram que velhos são os trapos.

Após a distribuição de recordações aos representantes de cada uma das tunas participantes, a TVUP sai de palco ao som do refrão de "Um grande, grande amor" de José Cid.

A festa continuou até de manhã nos bares e ruas do incontornável Barrio Húmedo, onde nem os 3 graus que os termómetros acusavam demoveram as tunas de percorrer as vetustas vielas até ao nascer do sol....

Parceiros