Portugaltunas - Tunas de Portugal

III Sal & Fonia
/5 ( votos)

III Sal & Fonia

Nos Dias 7 E 8 De Junho A Cidade De Rio Maior Ganhou Mais Cor, Alegria E Muita Música Com O III Festival De Tunas Femininas Da Cidade De Rio Maior

 
Nos dias 7 e 8 de junho a cidade de Rio Maior ganhou mais cor, alegria e muita música com o III Festival de Tunas Femininas da Cidade de Rio Maior, tendo como lema principal a Solidariedade, organizado pela Sal & Tuna – Tuna Feminina da Escola Superior de Desporto de Rio Maior.

 

Toda esta magia começou no dia 7 na Fonte dos Estudantes com a noite de serenatas iniciada pela tuna convidada Bagatuna – Tuna Masculina da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, seguiram-se as tunas a concurso, e para finalizar a tuna anfitriã. A festa continuou noite dentro na discoteca Sweet Club.

 

No dia seguinte as tunas tiveram direito a um almoço convívio no Pavilhão Multiusos em que mais tarde presentearam a comunidade rio maiorense com o já tradicional pasacalles pelas ruas mais emblemáticas da cidade, tendo como intuito a recolha de alimentos para serem doados a uma Instituição.

 

Por volta das 21horas iniciou-se mais um Sal & Fonia no Cineteatro da cidade supracitada, com um público bem enérgico. A plateia foi obsequiada com uma magnífica apresentação ao longo de todo o espectáculo por parte de três ex-alunos da Escola Superior de Desporto de Rio Maior.

 

A primeira tuna a subir a palco foi a Encantatuna – Tuna Académcia Feminina da Universidade da Beira Interior, tendo levado a palco 25 elementos que interpretaram de forma bem animada os seguintes temas: “Medley” de António Variações, “Criatura da noite” dos Entre Aspas, seguido do seu original – Feiticeira, como solo, expuseram um “Medley” de Amália Rodrigues. Finalizaram a sua actuação com uma música bastante conhecida da infância de algumas pessoas “Hakuna Matata”. Durante a actuação a tuna brindou o público com excelentes esquemas de pandeiretas e grande animação que contagiou o público.

 

Composta por 34 elementos a segunda tuna a concurso foi a Atituna - Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, a qual principiou a actuação com o instrumental “Sweet Lady Gaga”, seguido do tema “Casa da Mariquinhas” de Amália Rodrigues. A solista interpretou um fado bem conhecido de Ana Moura “O que foi que aconteceu”, finalizando a sua apresentação com “Criatura do mundo” dos Entre Aspas. Uma boa prestação a todos os níveis, elevando assim a fasquia do festival.

 

 

A última tuna a concurso foi a TUNASSA - Tuna Feminina do Instituto Superior de Agronomia de Lisboa, tendo subido a palco com 14 elementos. A tuna começou por apresentar dois dos seus originais, “Vai rapariga” e “É por ti”. Posteriormente “Lisboa meu amor”, finalizando com “Hino da Tunassa”. Apesar de ser a tuna mais pequena a concurso não se deixou ficar aquém das restantes, mostrando um grande espírito tunante e cativando o público com todas as suas interpretações.

 

Durante o período de deliberação do júri, a tuna anfitriã subiu a palco com 35 elementos interpretando a “Desfolhada” de Simone de Oliveira, “Maria” dos Flor-de-Lis, seguido do “Hino” da Sal & Tuna, finalizando com o solo “Loucos de Lisboa” da Ala dos Namorados. Durante a actuação foram chamadas a palco todos os ex-elementos da tuna.

 

 

O júri, composto por:

Paulo Rosa – Docente da Escola Superior de Desporto de Rio Maior;

Flávio Lima - Antigo tuno da BAGATUNA;

Sara Fonseca – Antiga tunante da Sal & Tuna;

Sofia Duarte Silva -  Actriz; e

Vânia Ponte – Fadista.

deliberou os seguintes prémios:

Pasacalles – Tunassa - Tuna Feminina do Instituto Superior de Agronomia de Lisboa

Melhor Solista – Encantatuna – Tuna Académcia Feminina da Universidade da Beira Interior

Melhor Porta-Estandarte – Atituna - Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto

Melhor Instrumental – Atituna - Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto

Melhor Pandeireta – Encantatuna – Tuna Académcia Feminina da Universidade da Beira Interior

Melhor Serenata – Atituna - Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto

Tuna mais Solidária – Tunassa - Tuna Feminina do Instituto Superior de Agronomia de Lisboa

Tuna mais Tuna – Encantatuna – Tuna Académica Feminina da Universidade da Beira Interior

Melhor Tuna – Atituna - Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto.

 

Após o terminus do festival a noite continuou no Pavilhão Multiusos com um DJ convidado pela organização.

 

O PortugalTunas agradece toda a disponibilidade da Sal & Tuna, parabenizando-a por este evento e desejando imenso sucesso nas próximas actividades.

 

Rita Catarrinho - Colaboradora PTunas

Parceiros