Portugaltunas - Tunas de Portugal

III Letras Sentidas
/5 ( votos)

III Letras Sentidas

Economia Vence 3ª Edição

A tarde começou com um Porto de Honra na Faculdade de Letras onde apesar da chuva, o ambiente de festa que se sentia em breve nos fez esquecer o tempo. Depois do jantar na cantina, as tunas seguiram para o local do espectáculo, o Estúdio 400, na Foz do Porto.

A CUCA – Cancioneiro Universitário do Campo Alegre, tuna masculina da casa, abriu o espectáculo com uma interpretação de “Tourada” seguido do tema “Menina Azul”. Prosseguiu a sua actuação com “Alfama”, ah solista!, seguido do tema “Ronda das mafarricas”, terminando a sua actuação com o seu hino “Baptismo”.

A primeira tuna a concurso foi a Tuna Feminina de Economia do Porto. Iniciou a sua actuação com o seu instrumental seguido do tema “Os Versos que eu te fiz” onde se destacou a prestação dos seus porta-estandartes. Prosseguiu com o seu tema de solista e com os conhecidos temas “Senhor Vinho” e “Vinho do Porto”, onde se destacaram as suas pandeiretas.

Seguiu-se a Tuna Feminina do ISCAP. Iniciou a sua actuação com uma interpretação do tema “Tiro ao Álvaro” seguido do tema “O que foi que Aconteceu”, onde se destacou a interpretação da sua solista. Prosseguiu com o seu instrumental seguido do tema “A moda das tranças pretas” onde se destacou a prestação das suas pandeiretas, terminando a sua actuação com o tema “Amor, Dá-me Lume”.

Depois de um curto intervalo, seguiu-se a actuação Tuna Feminina de Medicina do Porto. Iniciaram a sua actuação com “Lendamendeu” seguido de “Porto de Histórias ”e o seu original “Para ti”. Prosseguiram com o seu instrumental, o conhecido tema de Astor Piazzolla, “Libertango”. Seguiram, com mais um original “A última queima” terminado a sua actuação com “Mais um amor”.

Seguiu-se a Tuna Feminina de Enfermagem do Porto. A sua actuação começou com um hino à cidade invicta "Recado ao Porto”. Prosseguiu com a sua versão de “Todas as ruas do Amor” seguido do seu instrumental, retirado da banda sonora do “Le fabuleux destin d'Amélie Poulain” onde se destacaram as pandeiretas. Em seguida interpretou “Sonho meu", e “tomo conta desta tua casa” onde se destacou a prestação da sua porta-estandarte, terminando a sua actuação com o seu original “Noites em Tuna”.

Para terminar esta grande espectáculo, subiu a palco a tuna da casa, a Tuna Feminina da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Iniciou o seu espectáculo com os seus originais “O Rio, a Ribeira, a Margem” seguido de “Serenata ao Douro”. Prosseguiu com o seu instrumental “Holiday in Rio” e o seu hino “Serenatas a Ninguém”.

Melhor Solista: Tuna Feminina ISCAP
Melhor Instrumental: Tuna Feminina Economia
Melhor Estandarte: Tuna Feminina Enfermagem
Melhor Pandeireta: Tuna Feminina Medicina
Melhor Claque: Tuna Feminina Enfermagem
Melhor Apresentação: Tuna Feminina Economia
Tuna Mais Tuna: Tuna Feminina Medicina
Melhor Tuna: Tuna Feminina Economia

A noite era de festa... as tunas rumaram após o festival, ao bar Quando Quando, prolongando-se a festa madrugada dentro!!! Muito Obrigada à Tuna Feminina de Letras pelo convite, pela recepção, pela atenção constante e por todo o carinho com que sempre nos recebem.

Muitos Parabéns por mais um Magnífico Festival.

Parceiros