Portugaltunas - Tunas de Portugal

II ISCALINO – Festival de Tunas Mistas
/5 ( votos)

II ISCALINO – Festival de Tunas Mistas

A Reportagem

 

O Cine-Teatro Tivoli em Lisboa acolheu no último sábado dia 2 de Abril de 2011 o II ISCALINO - Festival de Tunas Mistas organizado pela Tuna Iscalina. Este II ISCALINO teve como tema: "Grande Homenagem a Fernando Tordo".


O Festival contou com a presença das seguintes Tunas a concurso:


• Real Tuna Académica Neolissipo, Tuna da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa
• Real Tuna Infantina, Tuna Académica Mista da Universidade do Algarve
• Estatuna, Tuna da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes
• Estudantina Universitária de Viseu
• Tu Na D'ESTES, Tuna Académica da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra


A primeira Tuna a pisar o palco do Tivoli foi a Real Tuna Académica Neolissipo que iniciou a sua actuação com o tema "Balada de um Banco de Jardim" dos Azeitonas, seguindo-se "Lisboa à Noite" de Amália Rodrigues / Fernando Santos / Carlos Dias e "Passion" de Rodrigo Leão interpretado pela solista Ana Martins. Apresentaram ainda o instrumental "Libertango" de Astor Piazzolla terminando com o original "Na Bruma".

Seguiu-se a Real Tuna Infantina que apresentou "Cavalo à Solta" do homenageado Fernando Tordo, a estreia do tema "A Estrada do Monte" dos Madredeus, o instrumental "Bandolinata" de Júlio Pereria e "Manhã de Carnaval" (1959) de Luiz Bonfá e António Maria na voz da solista Dina. Terminaram a actuação com o original "Luar Algarvio".

A terceira Tuna a actuar foi a Estatuna que iniciou a actuação com "Menina que não disse nada" da Tuna Templária, seguindo-se "Prima da Chula" dos Trovante na voz do solista "Pepas" com um prelúdio de "Rock Shock". Prosseguiram com o instrumental original "Caipirinha", seguindo-se uma adaptação musical do poema de Bocage "Marília Ausente", "Canção de Embalar" de Zeca Afonso e terminando com o hino "Estatuna".

Depois de um breve intervalo, subiu ao palco a Estudantina Universitária de Viseu que apresentou os temas "Bem bom" e "Amanhã de Manhã", ambos temas das Doce e a serenata original "Aqui" na voz do solista Hermínio Dias. Prosseguiram com um instrumental "Medley de Júlio Pereira", o original "Vultos", "Menina Caloira" da Copituna d' Oppidana, terminando com a "Tourada" do homenageado Fernando Tordo.

A última Tuna a concurso foi a Tu Na D'ESTES que iniciou a sua actuação com um instrumental com leitura de um excerto de um poema musical do homenageado Fernando Tordo "Lisboa de Feira", seguindo-se "Fado Português" de Amália Rodrigues / Alain Oulman / José Régio na voz da solista Sílvia Vaz. Foram ainda interpretados "Canção de Embalar" de Zeca Afonso, a serenata original "Eterno Beijo", a adaptação do tema do Cirque du Soleil "Alegria" e terminando com a "Ressaca" da extinta Tuna Académica da AA da UCP de Viseu.

Enquanto o júri tomava as suas decisões, a Tuna Iscalina, anfitriã deste festival, que apresentou o original "Lisboa eu Sou", "Vejam Bem" de Zeca Afonso, o intstrumental "Marcha do Campo Pequeno", o original "Valsa Lusa" na voz do solista Ruben Gil e terminando com o hino "Zacarias".

No final o júri composto por Alexandre Magalhães (antigo Iscalina), Rute Achega (TAESEAH), Bruno Dias (EAISEL/EUL), Frederico Silva (K&Batuna) e Pastel (TUIST) deliberou:
* Melhor Pandeireta: Real Tuna Infantina
* Melhor Porta-Estandarte: Estatuna
* Melhor Solista: Real Tuna Académica Neolissipo
* Melhor Serenata: Estudantina Universitária de Viseu
* Melhor Instrumental: Estudantina Universitária de Viseu
* Tuna Mais Tuna: Estudantina Universitária de Viseu
* 2ª Melhor Tuna: Estatuna
* Melhor Tuna: Real Tuna Infantina (prémio entregue pela mão do próprio Fernando Tordo)

A Festa continuou pela noite dentro nas instalações do ISCAL com convívio entre as Tunas à semelhança do que tinha acontecido durante toda a tarde.
Parabéns à Tuna Iscalina pelo seu II ISCALINO realizado pela primeira vez no TIVOLI e parabéns às Tunas presentes pelas respectivas prestações.

 

Parceiros