Portugaltunas - Tunas de Portugal

Outlook sobre eventos Tuneris
/5 ( votos)

Outlook sobre eventos Tuneris

Apesar De Não Parecer - E Olhando Para A Nossa Agenda De Eventos A Ilusão De Óptica É Óbvia - Os Tempos Tuneris De Hoje São Distintos Dos De Outrora


Apesar de não parecer - e olhando para a nossa Agenda de eventos a ilusão de óptica é óbvia - os tempos tuneris de hoje são distintos dos de outrora. Como não poderia deixar de ser, até. Se olharmos em perspectiva percebe-se o teor da mutação dos vários eventos que "teimam" em manter-se calendarizados anualmente. 



Se uns se mantêm mais ou menos como sempre foram e desde a sua primeira edição, já outros continuam em queda livre face ao que já foram e outros - poucos - assumem clara rota de crescimento. Nada que não seja expectável, diga-se. 


A quantidade de eventos que estão entre a X e a XX edição é relevante, sendo que poucos estão aquém das dez edições e outros poucos - os ditos "clássicos" - estão além das vinte. Transversal será constatar que seja com menos de dez edições, entre 10 e 20 ou mais de 20, encontramos nestes 3 segmentos eventos de todo o tipo e género no que toca à sua dimensão organizativa; Há eventos "novos" com alta projecção a este nivel e eventos com mais de vinte anos com reduzida expressão neste apartado. O que leva à constatação de que muitas vezes o nome da organizadora não alinha com a dimensão do seu evento, tal como há eventos que são "maiores" do que as suas organizadoras. Nada de novo.


Olhando a mesma Agenda, percebe-se que quase metade dos eventos agendados são organizados por tunas femininas e mistas. Noutro plano, percebe-se igualmente a descapitalização face às grandes e conhecidas salas de espectáculos outrora bastante utilizadas, por oposição a espaços mais pequenos e com custos reduzidos ou mesmos sem custos (auditórios e similares). 


Constata-se a cada vez mais curta distância temporal entre o agendamento dos eventos e a data dos mesmos, alguns de um mês. Raros são os eventos agendados à distância de 6 meses ou mais. Os meses de Março, Abril e Novembro são os que apresentam maior densidade de eventos.


Numa amostra de cerca de 40 eventos há mais deles no interior e menos no litoral - uma tendência que se tem vindo a manifestar já há algum tempo. A região autónoma dos Açores continua a estar particularmente activa neste apartado, por oposição à da Madeira. Cada vez menos são os eventos tuneris com a participação de tunas estrangeiras, mesmo naqueles que se intitulam de Internacionais.


RT

Parceiros