Portugaltunas - Tunas de Portugal

Largos dias têm 10 anos....
/5 ( votos)

Largos dias têm 10 anos....

. Não Olvido Nem Por Um Segundo Esses Momentos Únicos, Pioneiros Em Portugal, Que Fizeram Parte Das Primeiras Frames, Os Primeiros Takes, Daquilo Que Se Viria A Tornar O PortugalTunas.

Muitos não dariam, então, mais de meia duzia de meses de "vida" a tão ambicioso projecto. Quando 3 de nós se juntaram, algures, num pequeno café de Tomar e começaram, então, a debitar ideias atrás de ideias, nunca imaginariam um dia chegar onde se chegou e muito menos alcançar o que se alcançou.

 


Da ideia à prática foi um pequeno grande passo: havia que delinear, escrevinhar, imaginar, ousar. O Helder com a sua genialidade conseguir transpor para a rede as loucas ideias que eu e o Zé tinhamos, então, para criar uma comunidade online forte e digna do nosso nome, de Tuna. Não olvido nem por um segundo esses momentos únicos, pioneiros em Portugal, que fizeram parte das primeiras frames, os primeiros takes, daquilo que se viria a tornar o PortugalTunas.
 
 
 
Muitos fizeram-nos então o funeral, que "era impossivel, que estava condenado ao insucesso, que isto e aquilo e aqueloutro". Hoje, passadas 3 versões e já na sua 4ª, com o advento e fim de várias plataformas de comunicação internautica - passamos pelo MIRC, pelo Hi5, pelo Messenger, pelos blogues, sempre de forma olimpica e elevada, vendo outros projectos (infelizmente) a falhar redondamente, como o foi p.ex. o Youtunas - estamos a caminho da 1ª década Editorial do PortugalTunas, que se cumprirá em Fevereiro próximo.
 
 

Somos hoje, uma década volvida, com a plataforma da versão 4.0 actual, cerca de 1706 utilizadores registados, o que torna o PortugalTunas na maior comunidade internautica tuneril do mundo, o que, mais que orgulho, nos traz responsabilidade acrescida. Por esta "casa" passaram ilustres directores e muitos colaboradores que fizeram o Portugaltunas e o tornaram, também, naquilo que ele é hoje e representa: Um marco na história tuneril nacional, citado como fonte inclusivé para a unica obra escrita exclusivamente dedicada à tuna estudantil nacional, entre outros estandarte que porta na sua conta-corrente de dez anos. É este portal mais antigo que algumas tunas entretanto surgidas, poe exemplo. Uma antiguidade que, mais que a veterania, nos confere um aditivo para prolongar a nossa missão de formar e informar.
 
 
 
Dez anos que, como seria de esperar, tiveram momentos bons e outros menos bons. Mas nunca em altura alguma se cedeu à tentação de desvio dos propositos fundacionais, mesmo que tudo indicasse ou indiciasse tal; não, de todo. É nesses momentos que nos tornamos mais fortes. Na rota assumida. Firmes nas convicções. Impenetráveis a qualquer intromissão ou mesmo pressão  -ainda que na forma tentada. Não tratamos ninguém melhor ou pior. Tratamos a tuna nacional de forma igual e de acordo com o derramado na nossa Linha Editorial. Assim continuaremos. Não perderemos o fio de prumo em troca de likes ou "amigos" como soí dizer-se, hoje. Nem iremos atrás de modas sucedâneas e passageiras que em dez anos vimos aparecer e a desaparecer depois.
 
 
Será pois uma década que iremos comemorar. O problema vai ser como e onde, dada a dimensão, amigos que espalhados temos por todo o país e estrangeiro e importância da data em si. Iremos analisar tal mas será complicado. Até lá vamos limar arestas - e sim, há falhas pontuais que iremos procurar resolver - e melhorar mais este que é um autêntico serviço público à tuna nacional. 
 
 
 
Até lá, Boas Férias a todos - merecidas, por estas bandas, neste ano de transição - e em Setembro regressaremos, frescos, renovados e melhor. 
 
 

Parceiros