Portugaltunas - Tunas de Portugal

Oasís, precisam-se....!
/5 ( votos)

Oasís, precisam-se....!

...ao Que Parece Atravessamos Tempos De Total Ausência De Ideias E Coisas Realmente Novas ....

Não, não é um apelo para que a conhecida banda britânica dê um concerto por cá, de todo… 

 A época tuneril nacional encontra-se, hoje, em plena carburação, com as tunas a regressarem à estrada – e cuidado nelas, recomenda-se – a caminho dos mais distintos eventos. A chegada de novos estudantes, vulgo caloiros, às diferentes cidades espalhadas pela nossa geografia potenciam a festa mas também aumentam oportunidades para cada tuna poder renovar as suas fileiras, incorporando os novos recrutas nas mesmas. Afinal, a tuna é também a sucessão de gerações em si mesma.

 Os certames habituais desta época vão-se sucedendo, pese embora e até à data nada de realmente notável haverá a assinalar, refugiados que se encontram – na esmagadora maioria – num confortável e quente mainstream, fazendo com que algo realmente novo seja sempre de assinalar como sendo uma excepção à regra (infelizmente) vigente nos dias que correm. Aliás, ao que parece atravessamos tempos de total ausência de ideias e coisas realmente novas – que não coisas inventadas, cautela com as más interpretações – sendo que neste deserto vemos sempre areia, a mesma areia, salvo um ou outro oásis. Sucedeu-se o habitual ENT com aparente sucesso, aguardando-se – tal como dos restantes antecessores do último – a publicação das conclusões saídas deste importante encontro; de nada serve debater seja o que seja sem concluir alguma coisa desse debate seguramente tido. 

Mas a vida continua e os eventos vão-se suceder até ao Natal e subsequente paragem até Março. Que restará esperar após os habituais eventos de Outubro? Francamente, não muito mais a não ser o óbvio: os reportórios iguais aos do ano passado, a total falta de algo realmente de assinalar, um refresh para as almas que apreciam tunas de facto. Espero e desejo que esta constatação seja desmentida cabalmente nem que seja por uma Tuna só. 

Mantendo-se na vanguarda da informação, o PortugalTunas vai lançar ainda este ano – ao que tudo aponta - uma interessante surpresa, estando a mesma neste momento em fase de estudo, de forma a que a surpresa seja mais do que isso, seja de facto, uma mais valia no panorama informativo sério, credível e especializado no panorama tuneril nacional. A qualquer momento ela surgirá. 

Por falar em informação séria, credível e especializada, uma nota final apenas: ainda há quem, de fora do nosso meio, se atreva a – e “espalhando-se” por completo – dizer de nós aquilo que nós não ousamos dizer uns dos outros. Sem mais delongas, recordo que a opção é sempre do leitor: Se se quer saber de facto o estado da economia do país, compra-se o “Diário Económico” ou vê-se a SIC Notícias, não se vai à mercearia do Sr. Joaquim ouvir os comentários da freguesia. Em Tunas, passa-se rigorosamente o mesmo.  

Parceiros