Portugaltunas - Tunas de Portugal

Historiar-se......
/5 ( votos)

Historiar-se......

O Festival De Tunas Da Academia Do Porto

O Festival de Tunas da Academia do Porto [ 1992 - 1996]

 Em meados do já longínquo ano de 1992, em plena explosão tunante na Academia do Porto e consequentemente no país, deu-se uma iniciativa à época quase impensável quanto inédita, a realização de um festival somente com a participação das tunas da Academia, o conhecido então como Festival de Tunas da Academia do Porto.

Certo é que o seu propósito primeiro foi auxiliar uma determinada obra social, que incentivou e conseguiu lograr a realização do dito evento e que, graças ao seu sucesso mais que previsivel então - por força do atrás dito somando a tal a função solidária - teve elevada adesão do público universitário do Porto e não só, tendo-se realizado então a sua 1ª edição no Palácio de Cristal ou se preferirem, Pavilhão Rosa Mota.

A sua 1ª edição - a que o cartaz acima faz referência - contou com a presença de ilustres Tunas da Academia, num Rosa Mota cheio nas suas bancadas compostas por claques ao estilo futebolístico, onde não faltavam os "gritos" da praxe, os panos, cachecois e afins, num ambiente ensurdecedor nos intervalos das várias actuações, quando não durante as mesmas...

O sucesso da 1ª edição levou a que a mesma se repetisse por mais 4 anos tendo depois caído na obscuridade por excesso de tunas por um lado (maratonizando o evento e consequente perda de interesse) e pela falta das mais conhecidas na sua fase final por outro, tendo recentemente a mesma organizadora levado a cabo uma re-edição que - erradamente - apelidou como sendo a 1ª quando efectivamente seria a 6ª. Vários factores contribuiram para a sua ascenção - época em que realizou, poucos eventos de carácter competitivo à época, factor solidário, ponto de encontro entre várias casas de altos estudos, etc - e outros factores subsidiram a sua queda anos mais tarde - excesso de certames competitivos, excesso de tunas participantes, motivações dos organizadores mais questionáveis, caminhos seguidos por várias Tunas então, etc.

Perdeu-se antes uma excelente base para entendimento a outro nivel entre as Tunas da Academia do Porto, de forma a tornar este evento num catalizador de outro mas mais condizente com a realidade tunante da Academia e sobretudo, organizado pelas mesmas em moldes mais adequados e próprios de acordo com as características da Academia tunante. Falhou essa hipótese pela falta clara de voluntarismo de cada uma das envolvidas então, para lá de e à medida do avançar dos tempos as Tunas terem encontrado outros caminhos que, não questionado as opções de cada uma, fizeram com que se tivesse perdido uma oportunidade soberana - se bem gerido o processo então - de tornar este evento de facto num certame das Tunas e para as Tunas da Academia do Porto, à semelhança do que ocorre em Sevilha p.ex. vai para 30 e picos anos.

Fica a memória e a recordação.

Parceiros