Portugaltunas - Tunas de Portugal

FITUCB 2013
/5 ( votos)

FITUCB 2013

FITUCB 2013 - A Reportagem

A Estudantina Académica de Castelo Branco apresentou nos passados dias 8, 9 e 10 de Novembro de 2013 o 7º Festival Internacional de Tunas Universitárias Cidade de Castelo Branco - FITUCB 2013.

As Tunas a concurso foram: Scalabituna - Tuna do Instituto Politécnico de Santarém; Tuna de Medicina do Porto; Tuna Universitária de Maastricht - Holanda; Tuna Universitária de Aveiro e Azeituna - Tuna de Ciências da Universidade do Minho. Extraconcurso tocou ainda a Tusald - Real Tuna Académica da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, e claro a tuna organizadora Estudantina Académica de Castelo Branco.

O Programa do certame teve início na sexta-feira com a Noite de Serenatas na Igreja de Santa Maria do Castelo com a participação de todas as tunas a concurso, seguido de noite animada pelas Docas de Castelo Branco, um espaço bem conseguido no centro da cidade, que permite a união de todas as tunas no mesmo espaço, com vários tipos de ambiente ao gosto de cada um.

Sábado pelas 21:00h teve início o espetáculo FITUCB 2013 no Cine-Teatro Avenida, que apesar de não ter esgotado a sua lotação, tinha uma moldura humana considerável.

A primeira tuna da noite foi a Tusald, a tuna mista da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, que ainda fora do programa de tunas a concurso, interpretou três temas que incluíram um Medley de temas dedicados à cidade de Castelo Branco, um instrumental original "Debutante" e por fim um tema dedicado à vida de estudante "P'rá Caloirada". Uma atuação animada com as suas pandeiretas e bandeiras, que assim deram o mote para esta noite de tunas.

A primeira tuna a concurso foi a Tuna Universitária de Maastricht que veio diretamente da Holanda para proporcionar um espetáculo bem divertido, e apresentado num português praticamente perfeito. Com 23 elementos em palco, a atuação começou com dois temas tradicionais do cancioneiro de tunas espanholas "Dos Palomitas" e "Morena de Mi Copla". A terceira música foi uma serenata "Mi Viejo San Juan", para a qual o apresentador convidou uma menina do público, para tentar demonstrar os seus dotes de dançarino. Para surpresa do público, um tema em português bem conhecido de todos "Águas do Dão" da Infantuna Cidade de Viseu, que animou o público. De seguida um divertido tema em holandês "Kleine Café aan de Haven", e por fim mais um tema a puxar para a dança "Guantanamera" com partes de "Twist and Shout". Uma atuação despretensiosa, mas bem animada.

A segunda tuna a concurso foi a Azeituna com cerca de 30 elementos em palco trouxe ao festival os sons mais tradicionais do Minho que abriram a sua atuação numa pequena introdução, seguido de "Nasci para a Música" de José Cid. O segundo tema foi "Caminhos D'água", seguido de ligação ao seu instrumental "Andanças", com solo de duas gaitas de foles bem conseguido. Logo depois o melhor tema original da noite - "Assim Nasceu um País" - com o pormenor de ter como acompanhamento um instrumento que imita o sino de uma igreja. A música de solista foi o "Tudo o que te Dou" original de Pedro Abrunhosa, que pôs toda a plateia a cantar o seu refrão. A terminar a atuação, "Meia-lua Inteira" de Caetano Veloso, tema conhecido da novela "Tieta do Agreste". Uma atuação animada pelo seu apresentador "Coiso" que arriscou algumas piadas um pouco mais "picantes" mas que teve o consenso da maioria do público. Destaque para os arranjos musicais, com base nos bandolins, braguesa, gaita-de-foles, que dão um toque tradicional e característico do Minho a toda a atuação.

Antes do intervalo, atuou ainda a Tuna de Medicina do Porto que trouxe até Castelo Branco 31 elementos, e começaram a atuação com o bem conhecido "Vejam Bem" de José Afonso, seguido do tema original e de solista e também a serenata da tuna "Conquista" que no final se transforma em tema mais mexido. Como instrumental a tuna interpretou a peça "Palladium" de Karl Jenkins, com muito bom arranjo e execução. De seguida, mais um tema original, neste caso "Requiem" com partes cantadas em latim, foi dedicado aos tempos difíceis que o país atravessa e a todos os que tentam superá-los. No final, o hino da tuna, para terminar em festa, as "Noites de Ronda" com a excelente coreografia de 7 pandeiretas e 3 bandeiras.

Depois do intervalo, surgiu em palco a Tuna Universitária de Aveiro, com 24 elementos, Começou a atuação com o excelente "Barco de Aveiro". A apresentação, apesar de um pouco longa para o objetivo, tentou recolher usos e costumes tradicionais de Castelo Branco. "Nada Cessa o meu Sofrer" deu continuidade ao espetáculo, seguido do tema de pandeireta e bandeira "Uma Nova Primavera". O instrumental foi o "Até Quando" logo seguido do "Fantoches de Kissinger" de José Afonso, um tema recente da tuna, com um bom arranjo já característico da TUA, que assim homenageia o cantor e intérprete nascido em Aveiro. Para o fim ficou o já conhecido "Amor à Beira Mar" com arranjo de três pandeiretas e duas bandeiras. Boa atuação, um pouco prejudicada pela equalização do som, e pela apresentação nem sempre bem conseguida.

De Santarém e a finalizar as tunas a concurso, chegou a Scalabituna com 22 elementos em palco, começou com um pequeno arranjo do tema dos Ena Pá 2000 "Marilú", adaptado ao FITUCB e a Castelo Branco, que tentou puxar pelo público. De seguida, o tema original "Partida" com arranjo para três pandeiretas. Mais um original, "Lágrimas do Tejo" dedicado à cidade e senhoras presentes, permitiu ao seu solista brilhar. "Noites de Verão" dos Trovante animou a plateia logo seguido do "Flagrante" original de António Zambujo, com um notável arranjo vocal e instrumental. A terminar a atuação, ficou o já conhecido "Chuva de Verão" dedicada à tuna da casa, com arranjo para três pandeiretas e um bandeira. Destaque para os arranjos instrumentais e vocais e o seu bandeira.

A terminar o festival, tocou a Estudantina Académica de Castelo Branco, que com 36 elementos em palco, interpretou 2 temas novos que irão fazer parte do seu reportório futuro. De início, ficou o hino da tuna "É para ti que eu Canto" dedicado aos "Estudantinos" que estão fora. Como novo instrumental, a tuna interpretou "Guitarra Baiana" de Moraes Moreira, que pertenceu à banda sonora da novela "Gabriela". Para terminar em grande força, ficou o "Adeus que me vou Embora" de António Variações/Humanos que levou o público ao rubro pelo seu final apoteótico.

Após os habituais agradecimentos, procedeu-se à entrega de prémios:

As guias atribuíram o prémio de Melhor Serenata à Tuna Universitária de Aveiro

O júri constituído por José Rosado (Tuna Templária de Tomar) Armando Pereira (Tuna Universitária do Porto) João Freitas "Juiz" (Tuna Bruna da Figueira da Foz), Tiago Almeida "Short" (Copituna - Tuna Académica da Guarda) e o Vitor Ávila (Elemento em representação da EACB) decidiu:

Melhor Pandeireta - Tuna de Medicina do Porto
Melhor Estandarte - Scalabituna
Melhor Original - Azeituna
Melhor Solista - Scalabituna
Melhor Instrumental - Tuna de Medicina do Porto

Tuna mais Tuna - Azeituna (atribuído por 5 elementos da tuna organizadora)

2.ª Melhor Tuna - Tuna de Medicina do Porto
Melhor Tuna - Azeituna

A festa "After FITUCB" decorreu novamente nas Docas de Castelo Branco até altas horas da madrugada, seguido da discoteca bar "Património". os mais resistentes ainda conseguiram ir à "sede social" da EACB "Tasca da Estação" comer as famosas bifanas. 

Como balanço do festival, o melhor "cartaz" como a própria organização destacou, levou ao palco vários estilos musicais, bastante ecléticos entre si, e de qualidade elevada, e às ruas da cidade o convívio e animação de todas as tunas participantes. O ponto menos positivo, poderá ser o som que apesar estar na generalidade bom, poderia esta mais uniforme ao nível de instrumentos e vozes, o que prejudicou algumas atuações, mas nada de muito relevante e algumas das apresentações, que poderiam estar mais bem preparadas.

O Portugaltunas agradece toda a disponibilidade da Estudantina Académica de Castelo Branco em nos receber para a cobertura deste evento. Desejamos a continuação do excelente trabalho.

Até para o ano!

 

Reportagem vídeo pelo Jornal "Reconquista Castelo Branco" https://www.youtube.com/watch?v=0dGm_84Bo6w 

Parceiros