Portugaltunas - Tunas de Portugal

FITU Castelo Branco: A Reportagem
/5 ( votos)

FITU Castelo Branco: A Reportagem

FITUCB 2010: Reportagem

Castelo Branco foi este fim de semana coberta pelas Capas e envolvida pelos sons dos instrumentos. 

 

Tunas de vários pontos cardeais do país e igualmente da vizinha Espanha deram cor e som em tons tuneris a mais um FITUCB, numa organização da Estudantina Académica de Castelo Branco.

 

O certame iniciou-se com uma noite de Serenatas no Centro Artístico Albicastrense, bem no coração da velha cidade, onde o Grupo de Fados da ESART de Castelo Branco -"Só dá fados" - interpretou a abrir temas como sendo "Barco Negro", "Oiça lá ó Senhor Vinho", "Olhos Castanhos" ou ainda "Estranha forma de vida", recorrendo a instrumentos pouco usuais neste contexto como sendo o trompete, o fagote ou ainda o violino. Seguiram-se as diferentes tunas participantes a interpretar as suas serenatas, continuando a noite pelas habituais festas.

 

Durante a tarde de Sábado os participantes foram recebidos, igualmente no Cine Teatro, por várias individualidades, tendo-se procedido aos discursos da praxe bem como a uma Jeropiga de Honra, tendo-se a tarde extendido pelo mesmo teatro e suas imediações.

 

Com um Cine Teatro Avenida muito bem composto, desfilaram as várias tunas convidadas a participar neste evento. A Tuna da Universidade Sénior Albicastrense foi, então e nesta ocasião, apadrinhada pela tuna anfitriã deste certame, iniciando-se musicalmente o espectáculo com um medley de temas populares da Beira Baixa intitulado "Saudades da Beira" e juntamente com a EACB. Seguiu depois a novel tuna dos jovens da U.S.A.L. com temas como sendo "Mulher Gorda", "Chapeu Preto" e "Moleirinha".

 

O concurso iniciou-se coma Tuna de Filosofia Y Letras de Sevilla, que desfilou temas varios como sendo "Luna de España", "Alma LLanera", "Malaguena Salerosa" - onde o solista brilhou valendo-lhe a respectiva distinção da noite - "Maria la Portuguesa" e finalmente "Adelita". Com o tradicional salero sevillano, esta Tuna não deixou de surpreender o público albicastrense.

 

Prosseguiu o evento com a Tintuna, que trouxe a Castelo Branco temas como "Nini dos meus Quinze anos", os originais "Noite de Luar" e "Tágides", "Guitarra toca baixinho" e finalmente "Siga a Marinha", numa actuação interessante.

 

Tambem vinda de sul,  a Estudantina Académica do ISEL desfilou temas como "Silêncio e tanta Gente" de Maria Guinot, "Gaivota", o fantástico instrumental "História da Música" - e respectivo prémio da noite - "Gato Preto", "Lisboa Raínha do Mar" e finalmente o seu "Hino".

 

Após intervalo a noite prosseguiu com mais uma tuna espanhola e na sua estreia absoluta em Portugal,. a Tuna Universitária de Cuenca, que apresentou temas como sendo "Cancion con todos" (celebrizada pela hoje extinta Tuna de Ingenieros Industriales de Gijon), "Amapola", "Fantasmas de Santa Cruz" ou ainda "luna de España", numa actuação surpreendente que lhe valeu o 3º prémio para a Melhor Tuna.

 

Da Invicta Academia surgiu a Tuna do Distrito Universitário do Porto, abrindo com um tema especialmente concebido para este evento intitulado "Do Porto a Castelo Branco",continuando com o original "Meu Porto sem Par", passando por "La Negra Tomasa" e de Ary dos Santos o tema "Estrela da Tarde", "Raparigas Belas" e terminado com "Casa Portuguesa", numa actuação que lhe valeu a distinção mais alta da noite.

 

Finalmente e terminando a noite competitiva, surge a Estudantina de Braga, abrindo com aquele que foi considerado o melhor tema original da noite "Lenda do Mar", seguindo para "Nem às Paredes Confesso", " O teu batôn" celebrizado por Herman José, "o instrumental "Israelita" seguindo com "haja Saúde" e o Medley de temas de António Variações, valendo a esta surpreendente tuna Bracarense a distinção para a 2ª Melhor Tuna da noite.

 

O Certame finalizou com a actuação da tuna anfitriã - Estudantina Académica da Castelo Branco - que foram incansáveis nos esforços que fizeram para fazer sentir todas as tunas em casa, o que ocorreu seguramente.Os resultados deliberados pelo Exmº Jurado deste FITUCB 2010 foram:

 

  • Melhor Serenata: Estudantina de Braga
  • Melhor Solista: Tuna de Filosofia y Letras de Sevilla (ESP)
  • Melhor Tema Original: Estudantina de Braga
  • Melhor Instrumental: Estudantina Académica do ISEL
  • Melhor Pandeireta: Tuna do Distrito Universitário do Porto
  • Melhor Estandarte: Tuna do Distrito Universitário do Porto
  • 3ª Melhor Tuna: Tuna Universitária de Cuenca (ESP)
  • 2ª Melhor Tuna: Estudantina de Braga
  • Tuna Mais Tuna: Tuna Universitária de Cuenca
  • Grande Prémio FITUCB 2010 para a Melhor Tuna: Tuna do Distrito Universitário do Porto


A noite continuou com a mesma animação e festa, onde todas as tunas participantes conviveram entre si, prova inequívoca de que afinal, quem ganha são todas as Tunas quando se está de alma e coração neste Negro Magistério. Terá, sido, porventura, o melhor ensinamento deste FITUCB 2010, sendo que a tal "lição" não é alheia a excelente organização da EACB.

 

Até ao FITUCB 2011!

Parceiros