Portugaltunas - Tunas de Portugal

/5 ( votos)

"EM ESCUTA..."...

Tuna Universitária De Aveiro - " Ao Vivo" (2010)

Tuna Universitária de Aveiro - "Ao Vivo" (2010)

Compilar - e lançar - um álbum com temas executados exclusivamente ao vivo, tem tanto de coragem como de risco: foi nesta aventura que a Tuna Universitária de Aveiro (TUA) embarcou, em 2010, quando o seu álbum "Ao Vivo" foi dado a conhecer no âmbito dos festejos dos 20 anos do Festival Internacional de Tunas Universitárias de Aveiro (FITUA).



Numa selecção musical obtida a partir das gravações do X ao XVIII FITUAs, a TUA apresenta um trabalho notoriamente direccionado para o seu público, com a evolução sonora que lhe é característica: do antigo "Zorba, o Grego" à actualíssima "Lenga-Lenga", as diferentes gerações e sua musicalidade contribuíram para esta curiosa compilação.


Este "Ao Vivo" divide-se, claramente, em duas partes distintas: por um lado, os temas mais antigos e, por outro lado, os temas que fazem parte do repertório actual da TUA. Assim, neste álbum, podemos ouvir temas como o instrumental "Nasus", "Menina do Alto da Serra", "Índios da Meia Praia" (na sua versão completa) ou ainda "Nada Cessa Meu Sofrer" que alguns, de gerações mais recentes, não se recordarão de ver ou ouvir. Intercalados com estes e outros temas, encontramos o já conhecido "Amor à Beira Mar" ou o belíssimo instrumental "Silêncio do Mar", bem como temas dedicados à cidade que acolhe esta tuna: "Barco de Aveiro", "Aveiros dos Estudantes" ou "Alegria Aveirense".



Inevitavelmente, e com destaque nas páginas centrais do libreto do CD, o expoente máximo vai para o "Mix de Zeca Afonso", considerado pela própria tuna como o seu "estandarte" desde há alguns anos: uma digna homenagem numa excelente mistura de temas, bem executada e que, sem dúvida, constitui uma imagem de marca da Tuna Universitária de Aveiro, tanto dentro do ambiente tunante como fora dele.



Graficamente, é um trabalho que se pauta pela simplicidade onde, claramente, "less is more": fotos, letras, agradecimentos e outros apontamentos, em tons de preto e branco, muito agradáveis à vista e sem grandes complicações que desviem a atenção do que é realmente importante: a música. Uma compilação recomendada, sem dúvida, para quem gosta de boa música.

Parceiros