Portugaltunas - Tunas de Portugal

As Estranhas aptidões de Iorix Iorki
/5 ( votos)

As Estranhas aptidões de Iorix Iorki

Real Tunel Académico De Viseu Comemora O Seu 22º Aniversário Com O Lançamento De Um Livro Destinado Aos Mais Jovens

Editado e pré apresentado no dia 27 de Novembro, na casa Boquinhas, o livro ilustrado As Estranhas aptidões de Iorix Iorki do Real Tunel Académico – Tuna Universitária de Viseu, poderá ser adquirido, brevemente, nas livrarias associadas. Corolário do culminar do trabalho iniciado nas comemorações dos 20 anos da tuna, volvidos dois anos, precisamente na data do seu 22º aniversário, a todos será proporcionada a sua leitura. As Estranhas aptidões de Iorix Iorki é uma estória ficcionada que agradará aos mais jovens e menos jovens mas, sobretudo, aos leitores que apreciam o fenómeno do movimento das tunas em Portugal.

Nos anos idos de 1570, nasce, em Alcácer Quibir, Iorix Iorki, filho bastardo D’El rei D. Sebastião e de uma feiticeira de seu nome Iarix, à altura sua criada. Atingindo a maioridade, Iorix inicia o seu percurso académico e deambula pela Europa, privando com alguns dos mais ilustres escritores e insignes personagens da sociedade da época. Regressa a Portugal após desgosto amoroso, tendo sido agraciado com um título nobiliárquico pela sua dedicação à Restauração da Independência Portuguesa. Após a sua morte, o desejo de sua mãe cumpriu-se: a imortalidade…O regresso a casa de seu filho.

O Real Tunel Académico – Tuna Universitária de Viseu (Associação Viriato) - marca a efeméride da sua fundação a 27 de Novembro de 1991.Nesse dia, os seus fundadores reuniram-se no “Boquinhas”, dele fazendo alfobre do grupo. Desde a sua fundação, congrega alunos provenientes de diversos estabelecimentos de Ensino Superior, cada qual com traje distinto - o que motivou a adoção de um traje próprio, de tuna, em 1997. O seu percurso é singular, dado ter começado primeiro a “correr la tuna”, antes de assumir uma feição institucional. Inicialmente apelidado, apenas, de Tunel Académico (Tunel que surge da fusão dos termos Tuna e Tonel), só mais tarde adota a sua atual designação. Ao longo da sua história, o Real Tunel Académico de Viseu palmilhou inúmeros palcos, intra e extra muros, cantando e encantando com a sua cordial simpatia e boa disposição, tão genuinamente beirãs. Perenizou em edição discográfica os seus temas, maioritariamente originais, em 1998,“Trovas Soltas ”e, em 2012, “Trilhos”. Organiza, desde 2007, o seu festival de tunas CIRTAV – Certame Internacional do Real Tunel Académico de Viseu.

Parceiros